segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Inicia hoje a festa do Padroeiro Sagrado Coração de Jesus Menino de 21 a 30 de janeiro/2019

Inicia hoje a festa do Padroeiro Sagrado Coração de Jesus Menino de 21 a 30 de janeiro/2019, missa todos as noites com adoração prestação, confissão, apresentação cultural, a cada noite Celebrante e ministério de música diferentes. Abertura da festa com Padre Sandro dos Santos da Consolação Misericordiosa e ministério da Consolação Misericordiosa venha participe desse momento de fé, gratidão a Deus. Sagrado Coração de Jesus Menino temos confiança em vós!


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Duas escolas e uma subestação de energia são incendiadas no Ceará

Autoridades cearenses confirmaram mais quatro ocorrências que podem estar associadas à onda de ataques orquestrados que atinge o estado desde o último dia 2. As ocorrências confirmadas no início da tarde de hoje (21) não constavam do balanço divulgado mais cedo. Até as 17 horas, não havia registro de feridos ou suspeitos presos.
Segundo a Secretaria estadual da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), duas escolas da cidade de Itarema, a cerca de 200 quilômetros a noroeste de Fortaleza, foram alvos da ação criminosa de pessoas ainda não identificadas. Um ônibus escolar também foi incendiado no mesmo município.
Os ataques às duas unidades de ensino aconteceram esta madrugada. Na Escola Municipal Geralda Bonifácio Rodrigues, no bairro Saquiim, o fogo destruiu aparelhos eletrônicos, material didático, cadeiras, mesas e outros equipamentos. O outro estabelecimento de ensino incendiado, o Liceu José Maria Monteiro, também é público e fica no distrito de Almofala.
Em nota, a prefeitura de Itarema classificou a ação criminosa como uma covardia. “As instituições e o veículo ficaram danificados e o dano só não foi pior porque pessoas da região colaboraram para debelar as chamas”, informa a prefeitura, na nota em que revela que a polícia foi acionada para identificar os suspeitos. “Cobraremos uma pronta resposta com o fim de identificar e punir os responsáveis por esses atos lesivos que prejudicam inúmeras famílias de nossa Itarema. Inclusive, estamos oferecendo recompensa a quem colaborar na identificação dos responsáveis por esses atos criminosos.”
Já em São Benedito, a 300 quilômetros da capital cearense, criminosos lançaram um coquetel molotov em uma subestação da distribuidora de energia Enel, incendiando-a.

Ataques

Até esta manhã, 403 suspeitos de participar dos ataques orquestrados já tinham sido presos ou apreendidos (no caso de suspeitos com menos de 18 anos de idade), segundo a Secretaria estadual de Segurança Pública e Defesa Social. O número de ocorrências já passa de 280 desde o início dos ataques a ônibus, veículos, prédios públicos, estabelecimentos bancários e edificações em vias públicas no último dia 2.
Segundo autoridades estaduais e especialistas em segurança pública, pode ser uma reação de facções criminosas à nomeação do secretário de Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, e ao anúncio de medidas para reforçar a segurança nos presídios, como a não separação de presos em presídios por facção.
Para tentar conter os ataques, o governo estadual convocou cerca de 1.200 policiais militares da reserva para voltarem ao serviço.
No dia 4, o governo federal autorizou o envio de agentes da Força Nacional de Segurança Pública para auxiliar no combate aos ataques. No dia 13, o governador Camilo Santana (PT) sancionou leis que facilitam a adoção de medidas como a convocação dos militares reservistas; o pagamento a quem fornecer informações que resultem na prisão de bandidos ou evitem ataques criminosos no estado, entre outras.
Nesta semana, chegam os primeiros integrantes da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária, subordinada ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Por razões de segurança, o órgão não informa quantos agentes prisionais serão cedidos por outros estados para integrar o grupo especial no Ceará.
Agencia Brasil 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

França multa Google em 50 milhões de euros por violação de lei de privacidade na UE

A agência de proteção de dados da França multou o Googlenesta segunda-feira (21) em 50 milhões de euros (cerca de R$ 213 milhões) por violação de regras de privacidade da União Europeia.
É a maior penalidade do tipo imposta contra uma companhia de tecnologia dos Estados Unidos, relata a agência Reuters.
O regulador francês afirmou que o Google não é transparente e claro na maneira como informa usuários sobre como dados pessoais são coletados em seus serviços, incluindo o YouTube, o Mapas e o mecanismo de busca, para apresentação de anúncios publicitários personalizados.

Regras mais duras

A Regulação sobre Proteção Geral de Dados (GDPR) da UE, a maior reforma em leis de privacidade de dados em mais de duas décadas, entrou em vigor em maio do ano passado.
Ela permite aos usuários um melhor controle sobre seus dados pessoais e dá às autoridades o poder de impor multas de até 4% da receita global em caso de violações.
"O montante decidido e a publicidade da multa são justificados pela gravidade das infrações observadas", disse a agência francesa.
O Google afirmou que está "profundamente comprometido em cumprir as exigências de consentimento da GDPR".

Outras multas

Em 2012, o Google foi multado nos EUA em US$ 22,5 milhões, também por invasão de privacidade.
Em outubro passado, pelo mesmo motivo, o Facebook recebeu uma multa simbólica de 500 mil libras (US$ 644 mil) no Reino Unido, pelo caso da Cambridge Analytica.
Dois meses depois, a rede social também foi multada na Itália, em 10 milhões de euros, por venda de dados de usuários.
G1 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Unimed João Pessoa inscreve em seleção para 216 vagas de emprego

A Unimed João Pessoa está com 216 vagas de emprego para médicos de 46 especialidades, em 16 áreas de atuação. As inscrições do processo seletivo da Cooperativa foram abertas na sexta-feira (18) e seguem até o dia 18 de fevereiro, no site da Faculdade Unimed.
Segundo a Unimed-JP, a iniciativa visa abrir mercado de trabalho para os médicos, ampliar a capacidade assistencial da cooperativa e melhorar ainda mais a qualidade de atendimento ao cliente.
Os interessados em participar da seleção podem obter o edital, a ficha de inscrição e outras informações no Portal da Unimed JP, clicando no banner no topo da página. A organizadora do processo é a Fundação Unimed, que mantém a Faculdade Unimed. A taxa de inscrição custa R$ 450,00.
A Unimed-JP atua há 47 anos no mercado da saúde suplementar, presta assistência a cerca de 150 mil pessoas, que são atendidas por 1,7 mil médicos cooperados e por uma estrutura de serviços próprios e da rede credenciada.
Etapas da seleção
O processo seletivo prevê a realização de cursos online, prova objetiva, prova de títulos e curso presencial. A prova objetiva será aplicada no dia 31 de março, em João Pessoa, e terá como conteúdo a Lei do Cooperativismo; o Estatuto Social da Unimed JP, os cursos sobre “Cooperativismo e Sistema Unimed” e “Formação de Cooperados”, disponibilizados pela Faculdade Unimed.
A conclusão dos cursos é obrigatória para a realização da primeira etapa. O gabarito da prova objetiva será divulgado no dia 2 de abril, no site da Faculdade Unimed.
Os candidatos aprovados seguem para a segunda etapa, que é a prova de títulos, cujo resultado será divulgado no dia 12 de abril. No dia 29 de abril, a Unimed JP divulga a convocação dos candidatos classificados para o Curso de Cooperativismo (presencial), que será realizado de 9 a 11 de maio. De 20 a 24 de maio será o período de entrega da documentação pelos aprovados e início dos atendimentos como médico cooperado.
PARAÍBA.COM


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Bolsonaro despachará de gabinete no hospital durante recuperação de cirurgia, diz porta-voz

porta-voz do governo, Otávio Santana do Rêgo Barros, afirmou nesta segunda-feira que o gabinete da Presidência da República será transferido para o hospital Albert Einstein, em São Paulo, enquanto o presidente Jair Bolsonaro estiver se recuperando de cirurgia para retirada da bolsa de colostomia, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews.
Ele teve de implantar a bolsa devido à cirurgia à qual foi submetido em setembro depois de ter sofrido uma facada, em um atentado durante ato de campanha eleitoral em Juiz de Fora.
A cirurgia está prevista para a próxima segunda-feira (28), depois que Bolsonaro voltar da Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos. O presidente tem previsão de chegar de volta ao Brasil na madrugada de sexta-feira (25).
O planejamento inicial é que Bolsonaro despache de Brasília na sexta e vá para São Paulo no domingo.
A previsão dos médicos é que o período de recuperação dure cerca de dez dias. Para esse período, segundo o porta-voz, será montada uma estrutura a fim de que Bolsonaro possa despachar durante a recuperação.
G1 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Pesquisa revela satisfação dos pacientes internados no Hospital de Trauma de João Pessoa

Uma pesquisa interna realizada no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, revelou que 92% dos usuários internados na instituição estão satisfeitos com o atendimento da unidade de saúde. Os números foram contabilizados entre os meses de janeiro e dezembro de 2018, a partir de um questionário que é aplicado mensalmente, e tem como objetivos corrigir falhas e intensificar a excelência e a humanização no atendimento, uma preocupação constante da direção.
Segundo o gerente médico, Fagner Dantas, no último trimestre, o setor recebeu 30 demandas relacionadas ao atendimento médico no Hospital de Trauma, sendo que 27 foram elogios e apenas três reclamações. “A equipe multiprofissional do Hospital de Trauma está de parabéns pela excelente assistência prestada aos pacientes”, ressaltou.
De acordo com a coordenadora da Ouvidoria, Cláudia Targino, o questionário é um instrumento de gestão que valoriza a opinião dos usuários, fazendo estes se sentirem pertencentes e responsáveis pela construção da excelência hospitalar. “Quando abrimos este diálogo com os assistidos, percebemos que todos se sentem responsáveis na melhoria dos serviços da instituição. Observamos que, quando o usuário faz críticas, automaticamente eles dão sugestões para a melhoria dos serviços, ou seja, são críticas construtivas e isso é positivo. Os questionários são ótimos instrumentos de avaliação, por meio deles podemos observar falhas e planejar ações mais eficazes”, afirmou.
A dona de casa Marizete Vieira aproveitou o espaço para agradecer ao hospital pelo acolhimento. “Dei entrada na unidade após ser atropelada e estive por dias em estado muito grave. Nasci de novo! Obrigada a todos os anjos que Deus colocou em meu caminho. Médicos, equipe de enfermagem, nutrição, fisioterapia, recepção e o pessoal da limpeza cuidaram tão bem de mim, sempre com um sorriso animador. O Hospital de Trauma está de parabéns pelo excelente trabalho prestado à população paraibana, mais uma vez, obrigada por salvarem a minha vida”, frisou.
Cláudia explicou ainda que estes resultados são obtidos de forma espontânea. Os entrevistados preenchem um formulário com 22 itens e depositam nas urnas disponibilizadas em todo o hospital, como também através da aplicação deste mesmo instrumento de pesquisa pelos funcionários que abordam diretamente os entrevistados. “Os dados obtidos são condensados e transformados mensalmente em relatório, disponibilizado à direção do hospital e às coordenações dos setores avaliados”, destacou.
Ouvidoria do Hospital de Trauma – O serviço de Ouvidoria do Hospital de Emergência e Trauma pode ser acionado pessoalmente ou pelo telefone de número 3216-5783, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na própria instituição. Já pela internet, os usuários podem enviar suas sugestões, reclamações e elogios pelo e-mail ouvidoriahtrauma@gmail.com.
Secom-PB 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

164 prefeituras paraibanas gastam menos de R$ 400 com saúde por cidadão

Um estudo divulgado nesta segunda-feira (21) pelo Conselho Federal de Medicina aponta que cerca de 73% das prefeituras paraibanas gastam menos de R$ 400 para saúde por cidadão. Os dados são referentes ao ano de 2017.

João Pessoa e Campina Grande, as duas maiores cidades do estado, gastam R$ 326,99 e R$ 225,68 respectivamente. Com aproximadamente 1,8 mil habitantes, a cidade de Parari, no Cariri paraibano, foi a cidade que mais gastou com a saúde de cada cidadão. Ao todo, a gestão investiu R$ 1.053,39.
Confira as cidades que gastaram mais de R$ 400 na Paraíba 
Algodão de Jandaíra, Alhandra, Amparo, Assunção, Areia de Baraúnas, Bernardino Batista, Boa Vista, Bom Jesus, Bom Sucesso, Cabedelo, Cacimba de Areia, Cajazeirinhas, Caraúbas, Carrapateira, Catingueira, Caturité, Congo, Coxixola, Curral Velho, Vista Serrana, Duas Estradas, Emas, Frei Martinho, Gurjão, Lastro, Mãe D’Água, Mataraca, Mato Grosso,Nova Olinda, Nova Palmeira, Olivedos, Ouro Velho, Parari, Pedra Branca, Poço Dantas, Prata, Quixabá, Riachão, Riacho de Santo Antônio, Salgadinho, Santa Inês, Joca Claudino, Santa André, São Domingos do Cariri, São Domingos, São Francisco, São João do Cariri, São José de Espinharas, São José do Bonfim, São José do Brejo do Cruz, São José do Sabugi, São José dos Cordeiros, Serra da Raiz, Serra Grande, Sossêgo, Tenório e Várzea.
Ranking nacional
Com apenas 839 habitantes, o município de Borá (SP) lidera o ranking de gastos per capita na saúde, com R$ 2.971,92 gastos em 2017. Em segundo lugar aparece Serra da Saudade (MG), cujas despesas em ações e serviços de saúde alcançaram R$ 2.764,19 por pessoa.
Na outra ponta, entre os que tiveram menor desempenho na aplicação de recursos, estão três cidades de médio e grande porte, todas situadas no estado do Pará: Cametá (R$ 67,54), Bragança (R$ 71,21) e Ananindeua (R$ 76,83).
Entre as capitais, Campo Grande assume a primeira posição, com gasto anual de R$ 686,56 por habitante. Em segundo e terceiro lugares estão São Paulo e Teresina, onde a gestão local desembolsou, respectivamente, R$ 656,91 e R$ 590,71 por habitante em 2017.
Já as capitais com menor desempenho são Macapá, com R$ 156,67; Rio Branco, com R$ 214,36; Salvador e Belém, ambas com valores próximos de R$ 245 por pessoa.

MaisPB com Agência Brasil 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Infraero será fechada durante governo de Bolsonaro, diz secretário

A Infraero será fechada durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro, de acordo com o novo secretário da aviação civil, Ronei Glanzmann, nesta segunda-feira (21).
“Atendendo as diretrizes macroeconômicas do governo de redução do Estado, a Infraero será extinta após a concessão de todos os seus aeroportos”, disse Glanzmann.
Desta forma, a data final de funcionamento deverá ser no final da sexta e sétima rodada de concessão de aeroportos, que ocorrerão até 2021.
Entretanto, estas concessões vão abranger os aeroportos de Congonhas e Santos Dumont.
De acordo com o ministro, parte dos funcionários da Infraero irão para a Nave, nova estatal que vai controlar o espaço aéreo.
“O assunto extinção da Infraero e seus funcionários será conduzido pelo governo federal com a máxima responsabilidade e transparência. Estamos lidando com 10 mil famílias e ninguém vai ser louco de sair demitindo todo mundo a toque de caixa”, disse o secretário.
Além disso, o aeroporto de Viracopos pode ser vendido para um novo sócio. No entanto, isso deve acontecer caso haja falência ou caducidade. De acordo com o novo secretário, “o governo não pode ficar parado em relação a esse assunto”.
Principalmente pelo fato do aeroporto estar em recuperação judicial e ter um processo de caducidade na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
De acordo com o Glanzmann, entre esta semana e o final deste mês, o governo deve realizar um chamamento para que seja estudado se há ou não a possibilidade de fazer a concessão de Viracopos.
A nova diretoria assumiu a Infraero na última semana.

Leilão de aeroportos

Logo após a posse do novo governo, em 2 de janeiro, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, falou sobre a concessão dos aeroportos nacionais.
De acordo com o ministro “tudo que possa ficar com a iniciativa privada será concedido”.
Além disso, Tarcísio Gomes fala sobre o momento em que serão leiloados os aeroportos. “Vamos testar em março o leilão dos três blocos de aeroportos e, se der certo, já anunciamos a sexta rodada”.
“Congonhas e Santos Dumont devem ficar para a última rodada e aí revemos a situação da Infraero, como deixá-la ativa”, concluiu o ministro.
Conforme declaração do ministro, todos os aeroportos que são administrados pela Infraero serão privatizados.
PARAÍBA.COM


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Prazos para pagamento do IPVA e comprovação de isenção de placa com final 1 vão até 31 de janeiro

Os proprietários de veículos de placa final 1 no Estado da Paraíba têm prazo até o dia 31 de janeiro para efetuar o pagamento do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Essa é também a data limite da placa final 1 para aqueles que requereram a isenção do tributo e vão precisar agora realizar a comprovação dos documentos na repartição fiscal mais próxima do seu domicílio.
Os contribuintes continuam com três opções de pagamento do IPVA. A primeira é a cota única com desconto de 10% à vista. A segunda opção é o pagamento em três parcelas sem desconto, sendo a primeira com vencimento no dia 31 deste mês. A terceira opção é o pagamento total do IPVA apenas no dia 29 de março, mas sem o desconto de 10%.
Impressão dos boletos via Portais – Os boletos do IPVA/licenciamento deverão ser impressos por meio da internet. O boleto estará disponibilizado no portal da Secretaria de Estado da Receita: www.receita.pb.gov.br, mas também do Detran-PB: http://www.detran.pb.gov.br/ . O boleto poderá ser impresso, preferencialmente, em uma repartição fiscal (Recebedoria de Renda ou Coletoria) ou então nas unidades do Detran-PB. O pagamento pode ser efetuado nas agências do banco Bradesco, no serviço de autoatendimento, ou de forma mais prática no mobile banking – aplicativo disponível pelo Bradesco para aparelhos móveis como smartphones.
O total da frota em 2019 será de mais de 1,290 milhão de veículos no Estado da Paraíba, mas a frota tributável é de 931,5 mil veículos. A redução do valor do tributo nos diversos segmentos de veículos vai oscilar entre 3,14% e 4,57%. Por segmento, os caminhões terão a maior redução média do tributo (-4,57%), enquanto motos e similares terão as menores quedas (-3,14%). O IPVA sobre os carros de passeio/automóveis terá redução média de 3,12% e camionetes e utilitários com uma queda um pouco maior (3,19%). Já a redução média considera todos os tipos de veículos tributáveis, como automóveis, motos, utilitários, ônibus e caminhões.
Comprovação da isenção da placa final 1 – As categorias como taxistas, portadores de deficiência (física, visual, mental ou autista), veículos cadastrados no Ministério do Turismo na qualidade de transporte turístico; motofrentistas e de motoboys até 150 cc (cilindradas), de placa final 1, que requereram no ano passado a isenção do IPVA, precisam, agora, comprovar com documentação até o dia 31 de janeiro na repartição fiscal para gozar do direito em 2019. Neste mesmo dia, essas categorias já podem requerer a isenção de 2020.
Contudo, esses veículos não ficarão isentos das demais taxas que envolvem o emplacamento, como seguro obrigatório (Dpvat), licenciamento do Detran-PB e a Taxa de Bombeiro.
Calendário do IPVA 2019 – Os proprietários de veículos terão mais uma vez um calendário ampliado para realizar o pagamento do tributo em 2019. A data limite de vencimento será o último dia útil de cada mês no período de janeiro a outubro para quem optar pelo pagamento da cota única à vista ou então pelo parcelamento. Por exemplo, o proprietário com placa final 1, a data limite de vencimento será o dia 31 de janeiro de 2019, enquanto a placa final 2 será o dia 28 de fevereiro.
No mês de março, será a vez do proprietário com placa de veículo final 3, mas o pagamento deverá ser antecipado para o dia 29 de março para evitar pagar juros e multas ou perder o desconto na opção à vista e, assim, sucessivamente, até o mês de outubro, quando encerra a opção do cota única ou parcelado, tendo a data limite de pagamento para o último dia útil do mês.
CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO IPVA 2019
Final de Placa

1ª parcela ou cota única à vista com redução   de 10%  
2ª parcela

3ª parcela ou Cota única sem    redução 

      1

31 de janeiro

28 de fevereiro  
29 de março

      2

28 de fevereiro 
29 de março 
30 de abril 
      3

29 de março  
30 de abril 
31 de maio 
      4

30 de abril
31 de maio
29 de junho
      5

31 de maio 
28 de junho
31 de julho  
      6

28 de junho
31 de julho
30 de agosto
      7

31 de julho
30 de agosto 
30 de setembro
      8

30 de agosto
30 de setembro 
31 de outubro
      9

30 de setembro
31 de outubro
29 de novembro
      0

31 de outubro 
29 de novembro
30 de dezembro
 Fonte: Diário Oficial Eletrônico (DOE_SER) de 18 de dezembro de 2018
Secom-PB 


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Construtoras farão protesto em frente a Caixa para receber dinheiro do 'Minha Casa Minha Vida'

Mais de 180 proprietários de  construtoras farão um ato de protesto na manhã desta terça-feira (22) em frente a agência da Caixa Econômica Federal, da Avenida Epitácio Pessoa na Capital. O ato está previsto para acontecer a partir das 08h30.
Vestidos de preto, os construtores irão exigir a caixa libere mais de R$ 156 milhões que estão atrasados desde o mês de novembro do ano passado dentro do Programa habitacional do Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.
De acordo com Fábio Paiva, proprietário da construtora Marques e Paiva, devido ao atraso na liberação dos recursos, cerca de 1,5 unidades habitacionais estão com as obras paralisadas e com isso o Governo Federal está deixando de arrecadar cerca de R$ 10 milhões em impostos.
Fábio Paiva afirmou que tem muita procurando as construtoras na esperança de receber os seus imóveis para deixar de pagar aluguel. "Tem gente que já comprou toda a mobília e que está guardada na casa de familiares", lamentou. 
PARAÍBA.COM


BORGES NETO LUCENA INFORMA

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter