Polícias Civil e Militar desarticulam quadrilha que atacava lojas na Paraíba


Em uma ação integrada, policiais civis e militares conseguiram desarticular uma quadrilha especializada em praticar arrombamentos a lojas de grande porte em cidades da Paraíba e do Rio Grande do Norte.


A operação ocorreu na cidade do Catolé do Rocha, no interior do Estado. Cinco homens foram presos entre a tarde desse domingo (27) e a madrugada dessa segunda-feira (28).
Com eles, os policiais encontraram diversos objetos furtados. As primeiras prisões ocorreram poucas horas após o registro de outro comércio violado.
De acordo com o delegado Sylvio Rabelo, da Seccional Catolé do Rocha, os cinco presos são suspeitos de terem atacado, pelo menos, quatro comércios. A investigação policial já dura seis meses.
Neste período, ocorreram arrombamentos de lojas que atuam no ramo varejista de venda de aparelhos eletrodomésticos e eletrônicos instaladas nas cidades de Catolé do Rocha, São Bento e na região vizinha do Estado do Rio Grande do Norte.
Após identificar os responsáveis pelos crimes, a polícia pediu à Justiça a decretação da prisão preventiva.
Os policiais já estavam procurando os investigados para cumprir os mandados, quando foram informados que outra loja havia sido violada na madrugada do domingo.
“A gente já vinha investigando esse pessoal por conta de arrombamentos ocorridos. Já sabíamos quem eram essas pessoas. Quando ocorreu esse arrombamento no domingo, conseguimos prender dois homens. Prosseguimos com diligências e localizamos outros dois suspeitos ainda no domingo e, já na madrugada de hoje (segunda), prendemos o quinto”, afirmou o delegado.
Os cinco homens presos foram identificados como Fabrício Barreto, Adriano dos Santos, Damião da Silva, Tiago da Silva e Auri Alencar.
“Com apoio da Polícia Militar, obtivermos êxito nessa operação e conseguimos gerar mais tranquilidade para a população”, afirmou o delegado.
assessoria

BORGES NETO LUCENA INFORMA