Bolsonaro apresenta melhora nos resultados dos exames e volta a caminhar, diz boletim médico


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) apresenta quadro clínico estável, sem dor ou febre, com melhora dos exames laboratoriais e de imagem, segundo boletim médico divulgado nesta quarta-feira (6). Ele também voltou a caminhar no corredor do Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, nesta quarta.
Bolsonaro passou por uma cirurgia para retirar uma bolsa de colostomia e refazer a ligação entre o intestino delgado e parte do intestino grosso no dia 28 de janeiro.
Segundo o boletim, o presidente "continua com sonda nasogástrica, dreno no abdome e antibióticos por via endovenosa. Está recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral. Hoje, realizou exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e voltou a caminhar no corredor. Por ordem médica, as visitas permanecem restritas", diz o texto.
De acordo com o porta-voz Otávio do Rêgo Barros, "o estado de saúde do presidente evolui como esperado. Hoje, ele caminhou algumas vezes no corredor do hospital, realizou exames e atividades respiratórias”
“A sonda nasogástrica está em um período de adaptação à ingestão de líquidos do presidente de forma que ela fecha quando ele ingere esse líquido e se mantém aberta em alguns momentos desse processo. Isso equilibra e faz com que o organismo comece a adaptar-se diante dessa nova realidade. Com relação ao dreno, pouquíssimo líquido vem sendo extraído. Então há uma possibilidade de nos próximos dias esse dreno ser sacado do abdômen do presidente”
Boletim médico de Jair Bolsonaro de 6 de fevereiro — Foto: Divulgação/Hospital Albert Einstein Boletim médico de Jair Bolsonaro de 6 de fevereiro — Foto: Divulgação/Hospital Albert Einstein