sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Moradores temem o rompimento de barragem no Sertão da Paraíba e cobram conclusão da obra


A tragédia de Brumadinho que chocou o País, acendeu o sinal de alerta na Paraíba. Moradores do município de Sousa, no Sertão paraibano, estão temerosos quando a situação do açude de São Gonçalo, que abastece a cidade.
Eles temem que o açude estoure e cause um desastre na cidade, devastando inclusive, São Gonçalo. O alerta foi denunciado no JPB da TV Paraíba.
Eles relataram que uma obra de um dique, que está sendo realizada no sangradouro para adaptar o açude à transposição está a mais de um ano sem sua conclusão.
Para que o serviço fosse realizado, uma barreira de contenção foi construída temporariamente para impedir a saída da água do manancial, que atualmente está com 30% da capacidade máxima de armazenamento de água.
A obra se arrasta há dois anos por falta de repasses de recursos do Governo Federal. O temor é que a barreira de contenção se rompa caso haja muita chuva na região.
Uma reunião no Ministério Público conseguiu fechar um acordo e a empresa responsável pela obra se comprometeu a concluir a concretagem do dique até esta sexta e fechar a fenda até o dia 27 deste mês.
O Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), estabeleceu um prazo para concluir a obra.
Ontem, o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, vai liberar R$ 3,27 milhões para a recuperação de quatro barragens da Paraíba. Os planos de ações do Ministério contam ainda com outras 135 barragens em 14 estados. Os diagnósticos apontam medidas e estratégias necessárias à reabilitação das barragens de Santa Inês, Jatobá I, Escondido e São Mamede.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Nenhum comentário:
Write comentários

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter