quarta-feira, 13 de março de 2019

MPPB pede pela terceira vez prisão de zelador após negativa da Justiça

A Promotoria de Justiça Criminal de João Pessoa ingressou, nesta quarta-feira (13), com recurso no Tribunal de Justiça, em função da segunda negativa ao pedido de prisão preventiva requerido contra o ex-zelador da escola GEO acusado de praticar violência sexual contra criança em um banheiro da escola.
O pedido foi negado pelo juiz da 1ª Vara Criminal da Capital, sob a alegação de que não há fatos novos que justifiquem uma prisão do homem, apontado com autor de estupros e também facilitador para que quatro adolescentes cometessem os abusos contra um menino de oito anos.
A promotora de Justiça Adriana de França, que atua no processo criminal lembrou que o caso está sob segredo de Justiça por envolver menores de 18 anos de idade e não poderia revelar mais detalhes.
MaisPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Nenhum comentário:
Write comentários

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter