quarta-feira, 17 de abril de 2019

Alhandra compra 20 toneladas de peixe por R$ 249 mil e lidera ranking de gastos da Semana Santa

A tradição de doação de peixes pelas prefeituras a pessoas carentes permanece em muitas cidades do Estado da Paraíba. Geralmente, a população mais pobre é a beneficiada com a ação assistencial e, com o recebimento da doação, garante sua refeição na Semana Santa.
No entanto, apesar de ser considerado uma tradição, alguns casos de compra por parte das prefeituras chamam atenção devido ao volume muito alto na compra. A cidade de Alhandra, por exemplo, vai adquirir 20 toneladas de peixe para distribuir. De acordo com publicado na edição desta quarta-feira (17) do Diário Oficial do Estado da Paraíba, a Prefeitura de Alhandra vai pagar R$ 249 mil pelas 20 toneladas de peixe do tipo corvina.
 Segundo levantamento feito pela equipe de reportagem do ClickPB, a cidade de Alhandra possui pouco mais de 20 mil habitantes, de acordo com estimativa do IBGE para o ano de 2013. Sendo assim, cada um dos habitantes de Alhandra teria direito a receber um quilo de peixe doado pela prefeitura. Sendo assim, seriam doados cerca de R$ 12 por habitante de Alhandra.
O total pago pela Prefeitura de Alhandra na compra dos peixes só é comparável à aquisição feita pela Prefeitura de Bayeux. Segundo dados da Prefeitura de Bayeux, serão gastos R$ 101.850 para adquirir sete mil quilos de peixe do tipo bonito e sete mil quilos de arroz. O quilo do peixe, de acordo com o que foi divulgado pela Prefeitura é de R$ 14,55.
A média da aquisição de peixes pelas outras dez cidades na edição de hoje do Diário Oficial do Estado é bem menor do que em Alhandra e Bayeux.
Na cidade de Curral de Cima, a prefeitura vai pagar R$ 91.920 por peixe e arroz. Em Arara, a prefeitura divulgou que vai adquirir R$ 85 mil em peixes para distribuição.
Em Jacaraú, serão adquiridos sete mil quilos de corvina e a Prefeitura pagará R$ 79.800, sendo o preço do quilo vendido por R$ 11,40.
Na cidade de Casserengue, o preço total para aquisição dos peixes pela prefeitura será de R$ 60.705. Já em Pirpirituba, a prefeitura irá pagar R$ 47.700 por postas de corvina para distribuir à população carente. Em Sertãozinho, o valor pago pelos peixes será de R$ 38.700.
A Prefeitura de São José dos Ramos vai adquirir três mil quilos de corvina pelo preço total de R$ 38.100, sendo R$ 12,70 o quilo. Em Duas Estradas, o total pago será de R$ 34.500. Já em Salgado de São Félix, a prefeitura pagará R$ 26.969,87 com a compra de peie para distribuir.
A cidade que gastará menos com a aquisição de peixes para doação na Semana Santa é Serra Branca, que divulgou pagamento de R$ 17.380, na edição desta quarta-feira (17) do Diário Oficial do Estado
Camila Bezerra


BORGES NETO LUCENA INFORMA.

Nenhum comentário:
Write comentários

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Hey, we've just launched a new custom color Blogger template. You'll like it - https://t.co/quGl87I2PZ
Join Our Newsletter