Flamengo deu um passo significativo rumo ao título do Campeonato Carioca. A equipe enfrentou o Vasco como visitante no Nilton Santos e venceu por 2 a 0, neste domingo, pelo jogo de ida da final.
Os gols da partida foram marcados por Bruno Henrique, que chegou a oito no Estadual, assumindo a artilharia isolada da competição. Seis dos gols do camisa 27 do time rubro-negro saíram em clássicos - ele havia feito dois gols na mesma partida contra o Fluminense e Botafogo. No segundo tento, ele aproveitou uma boa jogada de Arrascaeta, que foi titular na vaga de Diego.
Bruno Henrique ainda balançou outra vez - entre os dois gols validados -, ao aproveitar uma sobra de bola na pequena área e mandar para a rede. No entanto, o árbitro, após utilizar o VAR, anulou o lance de forma polêmica. O atacante estava em posição irregular, mas ele manda para o gol após desvio de um adversário.
O duelo de volta da decisão ocorrerá no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã. A equipe de Abel Braga pode até perder por um gol de diferença que fica com a taça. O gol fora de casa não é critério de desempate. Bruno Henrique não jogará a partida de volta por estar suspenso - ele levou o cartão amarelo neste domingo.
Antes disso, só os cruz-maltinos irão entrar em campo. Na quarta-feira, o time visitará o Santos na Vila Belmiro, às 19h15, pela ida da quarta fase da Copa do Brasil.
O jogo - O primeiro tempo no Nilton Santos foi muito agitado com as duas equipes alternando descidas ao campo de ataque, mas com os visitantes finalizando mais e tendo maior posse de bola. A melhor oportunidade saiu aos 48min, quando Éverton Ribeiro finalizou da entrada da área e Fernando Miguel espalmou para escanteio. Antes, ao longo do duelo, Yago Pikachu e Gabigol erraram o alvo por pouco.
Na volta do intervalo, o Flamengo foi superior ao rival. Gabigol e Rodrigo Caio assustaram com cabeceios com menos de cinco minutos. Como resposta, Marrony aproveitou levantamento de Danilo Barcelos e cabeceou no travessão.
Aos 8min, Bruno Henrique parou em Fernando Miguel. No minuto seguinte, ele venceu o duelo. Éverton Ribeiro cruzou, Danilo Barcelos cortou mal e Bruno Henrique, sem ângulo, finalizou bem para abrir o placar.
Depois de sair em vantagem, os visitantes seguiram mais presentes no campo de ataque e marcaram novamente aos 25min, mas o gol foi anulado pelo VAR. Renê chutou após Fernando Miguel cortar parcialmente um cruzamento, Werley cortou e Bruno Henrique aproveitou a sobra. A festa, no entanto, durou poucos segundos.
Mas ela voltaria. Aos 32min, Arrascaeta roubou a bola de Cáceres, fez jogada individual, cruzou rasteiro e Fernando Miguel espalmou para o meio da área. Bruno Henrique completou para o alvo.
FICHA TÉCNICA
VASCO 0 x 2 FLAMENGO
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de abril de 2019 (Domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)
Cartões amarelos: Lucas Mineiro e Cáceres (Vasco); Bruno Henrique (Flamengo)
Gols: Bruno Henrique (Flamengo), aos 9 e 32min do segundo tempo
VASCO: Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Bruno César (Lucas Santos) e Yago Pikachu; Marrony (Yan Sasse) e Maxi López (Tiago Reis). Técnico: Alberto Valentim
FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro (Diego) e De Arrascaeta (Lincoln); Bruno Henrique e Gabigol (Vitinho). Técnico: Abel Braga