Pai do jogador Emiliano Sala morre 3 meses após morte do filho em acidente


O pai do jogador argentino Emiliano Sala, falecido em um acidente aéreo no Canal da Mancha em 21 de janeiro, morreu nesta sexta-feira (26) em Progreso, na província argentina de Santa Fe, vítima de um ataque cardíaco.
"A companheira de Horacio (58 anos, pai de Emiliano) me ligou às cinco da manhã. Os médicos já estavam lá. Ele nunca conseguiu superar a morte de Emi", disse Julio Müller, prefeito de Progreso, pequena localidade argentina ao norte de Buenos Aires onde o jogador passou a infância.
De acordo com a BBC, o clube San Martín de Progreso, onde Emiliano Sala começou a carreira e com quem o pai manteve laços, confirmou a morte do pai do jogador. O presidente afirmou que "durante a madrugada, ele sentiu uma dor no peito e chamaram um médico, mas, quando ele chegou, Horaco já havia morrido.
Morte do filho
Sala havia sido contratado pelo Cardiff, do País de Gales, no Reino Unido. Ele retornou à França em 19 de janeiro para se despedir dos colegas do FC Nantes.
O pequeno avião em que retornava para a capital galesa caiu no Canal da Mancha. O corpo do atleta foi localizado nos destroços da aeronave, a 67 metros de profundidade, e recuperado em 7 de fevereiro. Ele tinha 28 anos e morreu devido a lesões na cabeça e no tronco, segundo investigação. O cadáver do piloto não foi encontrado.
O jogador tinha dois irmãos, Romina e Darío.
G1 

BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários