Vereador de Mamanguape e mais sete servidores são notificados por acúmulo indevido de cargos


Mais oito funcionários do Estado da Paraíba foram identificados pela Comissão Estadual de Acumulação de Cargos (CEAC) acumulando cargos de forma ilícita. Eles foram notificados através de publicação na edição desta sexta-feira (26) do Diário Oficial do Estado e deverão apresentar opção por um dos vínculos.
Dentre os servidores está Crisanto Cavalcante de Farias, vereador da cidade de Mamanguape. Ainda esta semana ele havia sido denunciado pelo Ministério Público da Paraíba por acúmulo de três aposentadorias, além do mandato de vereador. Ele estaria recebendo R$ 210 mil por mês de janeiro de 2017 até abril de 2019.
Crisanto acumula ilicitamente na PBPrev como inativo os vínculos de cirurgião dentista e regente de ensino. Além disso, ele também é odontólogo junto à Prefeitura Municipal de Rio Tinto e ocupa o cargo de vereador em Mamanguape.
Também foi notificado Fabrício Dutra de Lucena, que acumula o cargo de técnico administrativo na Secretaria de Educação do Estado e o cargo de condutor socorrista na Prefeitura de Patos.
Já Eumy Braga da Gama recebeu notificação por acumular ilicitamente os cargos de professor de educação básica na Secretaria de Estado da Educação, professor na Secretaria de Educação e Cultura do Rio Grande do Norte e professor na Prefeitura de João Pessoa.
Samantha Rangel Peixoto dos Santos foi notificada por acumular os cargos de enfermeira na Secretaria de Saúde do Estado, professora substituta na UEPB e, ainda, trabalha como servidora federal com lotação da UFCG.
Também foi notificada Renata Clemente dos Santos por acumular os cargos de professora substituta na UEPB e prestadora de serviços com lotação na Prefeitura de Campina Grande.
Luiz Carlos dos Santos acumula os cargos de professor substituto na UEPB e de gestor de escola na Prefeitura de Alagoa Nova.
Outro professor substituto com lotação na UEPB identificado entre os acumuladores é Sérgio Morais Cavalcanti Filho, que também ocupa o cargo de agente administrativo na Prefeitura de Catingueira.
Já Stanley Borges de Oliveira, que ocupa o cargo de professor substituto na UEPB também foi identificado ocupando o cargo de auxiliar de biblioteca na UEPB.

clickpb
BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários