Câmara do Conde convoca Flávio do Cabaré, Cabral e Nildo para assumir vagas de vereadores


A Câmara Municipal do Conde realizou, na tarde desta segunda-feira (13), a leitura do pedido de renúncia do vereador Fernando Antônio Neves de Araújo (PT do B), o Fernando Boca Louca, e declarou a vacância do cargo de vereador. Com isso, a Câmara convoca imediatamente o primeiro suplente, que é o vereador Flávio de Melo, conhecido como Flávio do Cabaré. O ofício expedido hoje será enviado para o 5º Batalhão de Polícia Militar, onde ele está preso. A defesa do suplente deve tentar reverter a decisão que determinou a sua prisão. 
Outros dois suplentes serão convocados nesta terça-feira (14), para assumir as cadeiras de outros dois vereadores que estão afastados e cumprem prisão domiciliar.   
O suplente de vereador Adailton Cabral (PTB), que obteve 295 votos nas eleições de 2016, será convocado para assumir no lugar do vereador Malbatahan Pinto Filgueiras Neto, o Malba de Jacumã (SD), preso em Operação do Gaeco, do Ministério Público da Paraíba. Ele está em prisão domiciliar.
Já o suplente Nildo Lacerda (PSB), que teve 283 votos, assumirá no lugar de Ednaldo Barbosa, o Naldo Cell, que também cumpre prisão domiciliar. Malba e Naldo Cell são suspeitos de participar de um esquema de corrupção envolvendo a devolução de salários pagos a assessores de parlamentares contratados sem concurso público. 
De acordo com o procurador da Câmara Municipal de Conde, João Luiz Sobral, os ofícios convocando os suplentes Adailton Cabral e Nildo Lacerda serão expedidos nesta terça-feira (14).   
Flávio do Cabaré, por sua vez, foi preso suspeito de exploração sexual e levado até o 5º Batalhão de Polícia Militar. O próprio Flávio do Cabaré havia protocolado o pedido de impeachment do vereador Fernando Boca Louca tendo, portanto, interesse em assumir a vaga. Há um prazo de 15 dias para que Flávio tome posse. Inexistindo a posse de Flávio, é convocado o segundo suplente, Luiz de Bihino.

CLICKPB


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários