Deputado critica a atual política de liberação de agrotóxicos no país e defende a criação de leis estaduais mais rígidas para o uso na PB


Fazendo uso da tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) está semana o deputado estadual Chió (Rede) criticou a atual política de liberação de agrotóxicos no país, propondo leis para disciplinar o uso dessa liberação e aplicação em território paraibano.

“Estou verdadeiramente preocupado com a nova política sobre o uso indiscriminado de agrotóxicos no Brasil. Cumprindo meu dever de parlamentar, sem esquecer minha formação em Agronomia e todo o meu trabalho enquanto pesquisador da EMBRAPA, fui à tribuna denunciar e mostrar os riscos reais dessa medida para a saúde do povo”, disse Chió por suas redes sociais.

Ainda segundo o parlamentar o brasileiro ingere, por ano, 7,3 litros de agroquímicos através dos alimentos. O filiado a Rede de Marina Silva, destaca que o Brasil é o maior consumidor de agrotóxico do mundo. “Diversos problemas de saúde, sejam neurológicos, motores e mentais, estão diretamente associados ao consumo de agrotóxicos, além de vários tipos de câncer. Em menos de seis meses de gestão, o Ministério da Agricultura e o Governo Federal já liberaram 166 tipos de agroquímicos. Um movimento oposto ao que acontece em todo o mundo”, disse Chió.

 PBAGORA


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários