Trânsito para no Centro de CG durante manifestação

As frotas de ônibus que estavam circulando 100% em Campina Grande, no Agreste da Paraíba, ficaram paradas após manifestantes interditarem a Avenida Floriano Peixoto, e congestionarem o trânsito no Centro do município, durante esta sexta-feira (14). É o que diz a Superintendência de Transito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP).
Conforme Félix Araújo, superintendente da STTP, os ônibus devem desviar a rota para os bairros do município, dessa forma, alguns trechos devem ficar sem cobertura, o que ocasionará atrasos significativos.

Tumulto

Manifestantes tentaram impedir que funcionários de um Call Center entrassem na empresa para trabalhar. Houve tumulto no local. Um dos manifestantes foi agredido por um PM com um tapa no rosto. O conflito foi registrado em vídeo que circula nas redes sociais. Em nota, a corporação disse que está analisando as imagens.
“O comando do 2º Batalhão informa que o fato ocorrido em um Call Center está sendo analisado. Um dos manifestantes estava mais exaltado, entrou em discussão com um dos policiais. O policial que aparece nas imagens foi chamado para apresentar detalhes do fato e as imagens serão analisadas, bem como outras que chegarem. O caso será objeto de uma apuração mais detalhada por parte da corporação”, diz um trecho do texto.

Rodovia fechada

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no município de Queimadas, na mesma região, manifestantes atearam fogo em pneus e interditaram a passagem na BR-104, onde houve congestionamento no trânsito.
Conforme o comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba, Francimar Vieira, no Centro de Campina Grande o policiamento foi intensificado. “Nós intensificamos reforço policial para o protesto que vai haver na Praça Clementino Procópio, estamos atuando tanto para garantir tanto a segurança dos manifestantes quanto dos demais cidadãos, para que não seja impedido o direito de ir e vir,” afirmou.
 REDAÇAO


LUCENA INFORMA BORGES NETO

Comentários