Marcelo Monteiro e demais prefeitos do litoral paraibano participam de reunião com João Azevedo para instituir monitoramento de manchas de óleo.


O governador João Azevêdo (PSB) reuniu, na manhã desta terça-feira (22), no Palácio da Redenção, prefeitos do litoral paraibano e representantes da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Exército e Capitania dos Portos, para tratar das manchas de óleo que atingem as praias do Nordeste.
Embora o litoral paraibano não tenha sido atingido em grandes proporções, o gestor afirmou que o encontro serviu para traçar um planejamento de precaução, com a criação de um grupo de monitoramento.
“Em função do que está acontecendo em Pernambuco, com grandes manchas de óleo chegando, nós temos que nos precaver. A reunião foi exatamente para isso. Estabelecemos um planejamento diante de uma possibilidade”, disse o governador.
“Já existe um grupo de monitoramento, ampliamos esse grupo, vamos identificar quais são as áreas mais sensíveis e estabelecer uma rotina para cada etapa, caso chegue algum material em nossos praias, para saber como será feito o recolhimento”, complementou.
De acordo com o superintendente do Ibama no estado, Arthur Navarro, não há previsão do deslocamento das manchas de óleo em praias de outros estado para o litoral paraibano.
 O Prefeito de Lucena Marcelo Monteiro que se fez presente na reunião comentou  que a praia de Lucena é uma das mais procuradas do litoral norte no verão, turistas e moradores estão em alerta no monitoramento para qualquer evidência das manchas de óleo e comunicar a Secretaria de Meio Ambiente do município .


Borges Neto Lucena Informa

Comentários