Adhailton Lacet publica livro de crônicas e se firma no gênero que consagrou grandes escritores

 

  Com um estilo que vai do lirismo de Rubem Braga, autor inclusive citado na obra, à ironia e o diálogo com o leitor de Machado de Assis, Adhailton Lacet Porto publica “Os ditos do Quiçá”, seu primeiro livro de crônicas. A obra sai com o selo da Arribaçã Editora (Cajazeiras, Paraíba) e já pode ser adquirida no site da editora e em outras plataformas virtuais, além de livrarias de João Pessoa.

         Adhailton Lacet publica crônicas na imprensa paraibana e pernambucana, sendo colaborador do Diário de Pernambuco. Em seus textos, aborda os mais diversos assuntos, como literatura, cotidiano, arte e cultura, universo feminino, entre outros. Segundo Adhailton, o livro traz, também, crônicas inéditas e outras publicadas em jornais paraibanos e pernambucanos. “É um livro que trata de temas variados e atemporais, que pode ser lido de trás para frente, de frente para trás. É um livro agradável de ler”, definiu o autor, que também é coordenador estadual da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça da Paraíba.

         Para Hermance Gomes Pereira, escritor, músico e magistrado, o fato de ser leitor voraz desde a mais tenra idade faz com que Lacet navegue com segurança de canoeiro velho pela literatura clássica e contemporânea, brasileira e mundial, discutindo Albert Camus e José Lins do Rêgo com igual desenvoltura, sobrando tempo e qualidade para discorrer sobre o imaginário de Tolstói e a poética de Augusto dos Anjos. “Sua narrativa branda, agradável, flui das frases bem construídas sobre temática aparentemente banal”, define.

         O jornalista Kubitschek Pinheiro diz que os textos reunidos por Lacet no livro têm o poder de oferecer a quem mostra interesse na obra e que possa nem ter sido lido no jornal, mas queria vê-los reunidos num livro. “Sim, aquele livro que tanto interesse provoca”, completa.

         Os interessados em adquirir o livro podem acessar os sites da Arribaçã Editora, da Livraria do Luiz (centro de João Pessoa), do Sebo Cultural de João Pessoa, da Estante Virtual e da Amazon. A obra tem capa de Leonardo Guedes e projeto gráfico de Fábio Oliveira.

         Adhailton Lacet Porto nasceu no bairro do Varadouro, em João Pessoa, onde viveu por vinte e um anos. Começou a ler e escrever poemas e pequenos textos aos 13 anos de idade. Em 1977 lançou um livro de poemas em parceria com o poeta Fernando Almeida, intitulado “Lamento a dois”.

         Sobre a Arribaçã – A Arribaçã Editora tem suas raízes fincadas no Alto Sertão da Paraíba, mais especificamente em Cajazeiras. Criada pelos jornalistas e poetas Lenilson Oliveira e Linaldo Guedes, a editora trabalha com obras literárias, acadêmicas, biografias, entre outras. Contatos podem ser feitos na página da editora no Facebook, Twitter e Instagram ou pelo email: arribacaeditora@gmail.com A editora também tem canal no youtube. Endereço do site: www.arribacaeditora.com.br

PARAÍBA.COM



FALA PARAÍBA-BORGES NETO