Celeiro Criativo é reaberto com exposição ‘Nascentes’ e retoma agenda para visitação

 

Respeitando todos os protocolos sanitários, de manutenção do distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel, com limite de visitantes, foi reaberto nesta sexta-feira (9), o Espaço Celeiro Criativo. O lançamento da exposição Nascentes marcou a reabertura de um dos mais importantes equipamentos culturais de cidade, mantido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). A partir da próxima terça-feira (13), turistas e moradores da Capital poderão visitar o espaço por meio de agendamento para respeitar as medidas sanitárias em virtude da pandemia do Coronavírus.

A exposição Nascentes é uma parceria da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) com o Celeiro Espaço Criativo. As equipes trabalharam na concepção e montagem da exposição, que traz um registro fotográfico sobre as nascentes dos principais rios que cortam o território de João Pessoa. O registro fotográfico reúne 64 imagens, produzidas durante visitas de campo feitas pelos geógrafos, biólogos, engenheiros ambientais e demais profissionais que atuam na Diretoria de Estudos e Pesquisas (Diep) da Semam. O trabalho resultou ainda na elaboração do Relatório Nascentes.

Para a primeira dama do Município, Maísa Cartaxo, que é coordenadora do projeto João Pessoa Artesã, a reabertura do Espaço Celeiro Criativo é um momento de muita emoção e gratidão. “Não é fácil enfrentar tudo que enfrentamos nesse período. Não podemos esquecer que estamos numa pandemia, num momento de luta para que todos tenhamos saúde. Nós sonhamos com esse Espaço, sempre com o objetivo de fomentar o artesanato de João Pessoa e é muito gratificante podermos todos, como uma equipe, com artesãos e técnicos, retomar as atividades do Espaço Celeiro Criativo”, concluiu.

Relatório Nascentes – O Relatório, elaborado pelos profissionais da Semam, fez um levantamento das condições das nossas águas. O documento está contribuindo para as práticas de conservação, preservação, fiscalização e orientação nos processos de licenciamento ambiental, além de políticas públicas ambientais. Por meio de amostragem foram selecionados alguns locais entre nascentes e trechos de rios, para avaliar alguns parâmetros, como a presença de mata ciliar, avaliação qualitativa do estágio de regeneração da vegetação, impactos ambientais negativos (desmatamento, deposição de resíduos sólidos domésticos, RCCD, eletrônico, lançamento de efluentes líquidos, emissãoatmosférica e ocupação irregular) e parâmetros qualitativos da água.

O secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, falou sobre as ações ambientais na cidade nos últimos oito anos, com o plantio de mais de meio milhão de mudas de árvores nativas e destacou a importância do Relatório Nascentes. “Este documento mostra o que devemos fazer, é uma contribuição para o futuro, para o planejamento das políticas públicas em relação ao meio ambiente. Temos um documento que pode nortear o licenciamento ambiental e as ações de recuperação e planejamento das nossas áreas verdes”, concluiu.

Celeiro Criativo – O Celeiro começou 2020 passando por reformas e manutenção predial em alguns ambientes, mas continuou funcionando, sem interromper as atividades. Somente após o início da pandemia do coronavírus e respeitando os Decretos Municipais, foram interrompidas as atividades.

A exposição “Nascentes” está disponível na Galeria do Celeiro Espaço Criativo e no Salão Principal segue a mostra de Artesanato e Artes Visuais, como de costume.

Visitas – As visitas ao Celeiro seguem todas as normas sanitárias de prevenção à Covid-19 e deverão ser feitas por meio de agendamento. Serão agendadas até dez pessoas no máximo. Grupos familiares ou grupos de turistas poderão agendar a partir da terça-feira (13), pelo telefone 3252-2100. As visitas espontâneas serão mantidas, mas haverá preferência pelo agendamento, podendo permanecer no prédio até dez pessoas. Esse número considera as dimensões do espaço para exposição, respeitando a distância recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Secretaria Municipal de Saúde, de um metro e meio entre os visitantes. O Celeiro está disponibilizando álcool em gel na Galeria e a entrada só é permitida utilizando máscara.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO