Flordelis tem que se apresentar até as 17h desta quinta para colocar tornozeleira eletrônica

 


A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) tem até as 17h desta quinta-feira (8) para se apresentar na Secretaria de Administração Penitenciária (Seap-RJ) e colocar a tornozeleira eletrônica.

A intimação para a colocação do dispositivo foi feita às 19h de terça-feira (6) — a parlamentar recebeu o documento quando estava em casa, na Região Oceânica de Niterói.

O expediente na Seap, porém, se encerra às 17h — razão pela qual o prazo de 48 horas caiu para 46 horas.

O G1 questionou à Justiça qual medida poderá ser tomada caso a parlamentar não se apresente, mas, até a última atualização desta reportagem, ainda não havia obtido resposta.

Denúncia de mandar matar o marido

Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em junho de 2019.

Sete filhos e uma neta da deputada também respondem pelo crime.

Flordelis só não foi presa por ter imunidade parlamentar. No entanto, um processo por quebra de decoro está em andamento em Brasília, o que pode acarretar na perda de seu mandato.

O relatório da Corregedoria da Câmara dos Deputados afirma que Flordelis não conseguiu provar que ela não quebrou o decoro parlamentar.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu processo pedindo pela cassação do mandato da deputada.

CLICKPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA