Jovem Carlo Acutis é beatificado após igreja reconhecer cura de menino brasileiro

 


A Igreja Católica beatificou, neste sábado (10), o italiano Carlo Acutis. A beatificação é uma das etapas para se tornar um santo, para o qual são necessários dois milagres. O jovem foi beatificado em razão de um milagre que aconteceu no Brasil, em 2013. Uma criança com problemas no pâncreas teria se curado depois de tocar em uma roupa que pertenceu ao jovem italiano exposta, até hoje, em uma paróquia de Campo Grande. 

O Vaticano autorizou a abertura do processo de beatificação, e o jovem italiano foi declarado “venerável” em 2018. Ontem, tornou-se o beato. 

Carlo Acutis morreu de leucemia aos 15 anos, em Monza, na Itália, em 12 de outubro de 2006. Segundo a Igreja, o corpo do adolescente ainda está "intacto", com sua calça jeans e tênis. O Vaticano afirma que os restos mortais foram "recompostos", mas não detalha o processo.

A data de celebração do jovem beato passa a ser 12 de outubro, a mesma data em que se celebra o Dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.

O portal oficial da Santa Sé, o Vaticano News, publicou uma homenagem a Acutis em que afirma que, "de todas as virtudes cardeais (prudência, justiça, fortaleza e temperança) e teologais (fé, esperança e caridade)" de Acutis, "é a fortaleza que mais se sobressai".

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO