Candidatos a prefeito e vice do município de Bom Jesus são condenados a pagar multa de R$ 30 mil por eventos com aglomerações


 Diego Breno Gonçalves Dias e Solangia Rolim Freitas candidatos a prefeito e vice, respectivamente, da Prefeitura de Bom Jesus, foram condenados a pagar multa de R$ 30 mil por realizar eventos com aglomerações no município. De acordo com a representação ajuizada pelo Partido Progressista de Bom Jesus, os candidatos realizaram um evento, tipo comício, com aglomeração desrespeitando as normas estabelecidas.

Ainda de acordo com o documento a que o ClickPB teve acesso, o evento mais recente aconteceu no último dia 31 de outubro no distrito de São José, onde o evento se estendeu até a praça novamente em forma de comício.

"Inclusive com falas, promessas de obras do governo Estadual e afins, tudo com o intuito de beneficiar o eleitor e promover evento, gerando aglomeração", revela o partido. 

Os candidatos foram condenados a pagar a multa de R$ 30 mil e foram obrigados a não fazer propaganda eleitoral ilícita. Em caso de novo descumprimento, haverá aplicação de multa no valor de R$ 50 mil. 

A decisão foi da juíza eleitoral Dayse Maria Pinheiro Mota. 

CLICKPB




FALA PARAÍBA-BORGES NETO