Ministério Público Federal instaura inquérito para apurar aquisição de 7 mil livros sobre covid-19 pela prefeitura de Aroeiras

 


O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito civil para apurar a notícia de que a Prefeitura de Aroeiras adquiriu 7 mil livros sobre a covid-19, ao custo de R$ 279,3 mil. O caso foi denunciado pelo ClickPB em abril. A portaria foi publicada na edição desta quinta-feira (5) do diário eletrônico do MPF.

De acordo com o registro da licitação no Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), cada livro custava R$ 39,90. O ClickPB apurou que alguns livros chegaram a ser distribuídos para a população, mas, após a repercussão do caso na imprensa, o prefeito de Aroeiras anunciou que tinha desistido da compra.

O caso chegou a ser arquivado pelo Ministério Público da Paraíba, mas apenas porque a competência da investigação era federal. O inquérito instaurado pelo MPF aguarda o resultado da investigação da Polícia Federal para avaliar, a partir daí, as implicações cíveis.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO