“Não significa colapso” diz secretário sobre ocupação do Clementino Fraga

 

Nesta sexta-feira (06), a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) declarou que embora o Complexo de Doenças Infecto Contagiosas Clementino Fraga, em João Pessoa, tenha recebido uma demanda maior de pacientes com à Covid-19, a unidade de saúde não está em colapso, conforme informações que circulam nas redes sociais desde cedo.

De acordo com o secretário Geraldo Medeiros, existem poucos leitos no Clementino e elas estão sendo preenchidas de forma gradual, porém caso seja necessário, a rede hospitalar pública possui vagas disponíveis na Capital.


“Existe um aumento gradual na ocupação de leitos de enfermarias e UTI’s no mês de outubro e início de novembro. Isto não significa colapso, pois temos ainda muitos leitos disponíveis. Temos que emitir alertas e informar com transparência à sociedade”, declarou o secretário.A secretaria ainda informou que apesar do Clementino ser unidade de referência para a covid-19, em João Pessoa existem outros 140 leitos disponíveis para transferência de pacientes infectados pela doença. A nível estadual o número aumenta, sendo 400 leitos disponíveis.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA