Nem Cícero, nem Nilvan: maioria dos candidatos a prefeito de João Pessoa derrotados no 1º turno declara neutralidade na segunda fase da eleição

 


A maioria dos candidatos a prefeito de João Pessoa, derrotados no primeiro turno, no domingo (15), declarou neutralidade na segunda fase da eleição no município. Seis deles já disseram que não estão nem com Cícero Lucena (PP) nem com Nilvan Ferreira (MDB), os quais disputam o segundo turno, que acontecerá no dia 29 de novembro.

Carlos Monteiro (Rede) e João Almeida (SDD) declararam apoio a Cícero Lucena. Já o partido de Ruy Carneiro, PSDB, e de seu vice, Zé Gadelha (PSC), acompanham Nilvan Ferreira, o qual também tem a adesão do PSD de Romero Rodrigues, prefeito de Campina Grande.

Camilo Duarte (PCO), Ítalo Guedes, Rama Dantas (PSTU) e Ricardo Coutinho (PSB) não se manifestaram publicamente sobre o segundo turno.

O PSOL declarou neutralidade e o PT considerou que ambas as candidaturas do segundo turno não representam os ideais do partido, mas que se reunirão para adotar um posicionamento político.

Confira a situação do segundo turno, na opinião de cada candidato que disputou o primeiro turno das eleição em João Pessoa

  • Anísio Maia (PT) - neutro

Anísio considerou que ambas as candidaturas do segundo turno não representam os ideais do PT.

  • Camilo Duarte (PCO) - não se manifestou publicamente
  • Carlos Monteiro (Rede) - apoio a Cícero Lucena
  • Edilma Freire (PV) - neutra

Edilma considera que Cícero e Nilvan não representam os ideais e o modelo de gestão adotado pelo PV.

  • Ítalo Guedes (PSOL) - não se manifestou publicamente
  • João Almeida (SDD) - apoio a Cícero Lucena
  • Rafael Freire (UP) - neutro

Rafael estimulou o voto nulo como forma de protesto.

  • Rama Dantas (PSTU) - não se manifestou publicamente
  • Raoni Mendes (DEM) - neutro

Raoni adotou postura de fiscalização do trabalho do futuro prefeito qualquer que seja o eleito.

  • Ricardo Coutinho (PSB) - não se manifestou publicamente
  • Ruy Carneiro (PSDB) - neutro

Ruy também adotou postura de fiscalização do trabalho do futuro prefeito qualquer que seja o eleito.

  • Wallber Virgolino (Patriota) - neutro

Estimulou o voto nulo por considerar que não dá para escolher entre Cícero e Nilvan.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO