Nove municípios do Cariri não elegem nenhuma mulher para a Câmara Municipal

 

Dos 223 municípios paraibanos, 44 deles não contarão com nenhuma mulher na Câmara Municipal de Vereadores a partir de 2021. A constatação foi feita a partir de um levantamento com os resultados obtidos nas eleições do último domingo (15). Estão entre os municípios estão Araruna, Alhandra, Baía da Traição, Cabaceiras e Taperoá.

O número de vagas de vereadores (as) nessas Câmaras Municipais varia de nove a treze, dependendo da cidade e sua extensão territorial. Outro dado de destaque nessa última eleição é que em outras 72 cidades paraibanas a próxima legislatura terá apenas uma representante mulher. Integram os municípios de João Pessoa, Cabedelo, Lucena, Soledade, Solânea, Santa Luzia, Pitimbu, Conde e outros.

Na contramão desse cenário está Gurjão. Essa é a única cidade paraibana que a maioria na Câmara será composta por mulheres. Todas novatas na legislatura e superando a marca de duas mulheres eleitas na atual gestão que termina em dezembro de 2020.

Municípios que não terão mulheres nas Câmaras
Alagoinha
Algodão de Jandaíra
Alhandra
Araruna
Aroeiras
Baía da Traição
Barra de Santana
Belém
Boa Vista
Bonito de Santa Fé
Brejo do Cruz
Caaporã
Cabaceiras 
Cacimbas
Caiçara
Caturité 
Cuité de Mamanguape
Duas estradas
Fagundes
Jericó
Juripiranga
Lagoa de Dentro
Lastro
Logradouro
Mãe D’Água
Massarranduba
Matureia
Monte Horebe
Pedra Branca
Pedro Régis
Pilõezinhos
Poço Dantas
Quixabá
São Domingos do Cariri
São João do Cariri
São João do Rio do Peixe
São José de Caiana
São Sebastião de Lagoa de Roça
Serra Branca 
Serra da Raiz
Serra Redonda
Sumé
Tacima
Taperoá

De Olho no Cariri

Click PB


BORGES NETO LUCENA INFORMA