Covid-19: Vacina está prevista para chegar à Paraíba no dia 21 de janeiro


 A vacina contra covid-19 deve chegar à Paraíba no dia 21 de janeiro. Foi o que afirmou ao ClickPB o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros. O secretário destacou, porém, que a data é uma estimativa do Ministério da Saúde e está sujeita a alterações.

Geraldo Medeiros contou que ainda não se sabe quantas vacinas serão destinadas à Paraíba nesta data, mas o Estado deve obedecer ao plano do Governo Federal. De acordo com o plano apresentado até o momento, o grupo prioritário para receber as primeiras vacinas é formado por profissionais de saúde, idosos a partir de 75 anos, idosos que vivam em instituições de longa permanência, indígenas e quilombolas.

Em uma segunda fase, seriam vacinados os idosos de 60 a 74 anos, depois as pessoas com comorbidades e, em uma próxima fase, profissionais da segurança pública e professores. Esse planejamento também não é definitivo ainda, mas o Estado conta com um plano pronto, caso o do Ministério da Saúde não avance.

O secretário explicou que mantém contato com o Instituto Butantan, com o qual a Paraíba assinou uma carta de intenções. Caso o Governo Federal não agilize a compra das vacinas, o Estado poderia adquiri-las diretamente do instituto. Geraldo Medeiros frisou, porém, que tudo indica que o Ministério da Saúde assumirá seu papel e conduzirá a compra e distribuição das vacinas, assim como ocorre com todas as outras campanhas de vacinação.

Em entrevista concedida à rádio CBN nessa terça-feira (22), o governador João Azevêdo afirmou que, ao chegarem na Paraíba, as vacinas poderão ser distribuídas aos municípios em 24 horas, com o apoio de todos os caminhões frigoríficos e aeronaves do Estado. No último dia 14, o governador anunciou a compra de três milhões de seringas, além das 220 mil que a Paraíba já possui em estoque, para garantir que não faltem insumos para a vacinação.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO