Equipe de transição não necessariamente será escolhida para 1º escalão de Cícero

 

A poucos semanas do início de seu governo, o prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP) tem evitado antecipar e fazer alguma espécie de ‘oba oba’ sobre os que irão compor o primeiro escalão da gestão municipal a partir de 1º de janeiro de 2021.

Apesar da ponderação, Cícero garante que a escolha acontecerá em breve, até porque a administração precisa de uma equipe pronta para começar a trabalhar com planejamento assim que tomar posse.

Em relação ao aproveitamento de alguns nomes que compõem a equipe de transição para figurar nesse primeiro escalão, Cícero destacou que não necessariamente eles serão os escolhidos para atuar na comissão de frente, embora todos sejam qualificados.  Todavia, todos serão aproveitados para reforçar o trabalho da administração.

“Vai sair rápido, rápido, até porque nós precisamos montar essa equipe logo. Esse primeiro grupo da transição fará o levantamento de dados no primeiro desenho, depois vamos convocar outros técnicos e colocar na mesa os possíveis secretários, que não necessariamente é os que estão na comissão de transição. Há toda uma conversa antes, mas preciso primeiro desse grupo para me ajudar, embora todos sejam qualificados para ocupar qualquer cargo”, ressaltou.

Até agora, o único nome anunciado foi o de Socorro Gadelha, que ficará à frente da Secretaria de Habitação. A decisão ocorreu para que ela já ficasse a par da votação do Orçamento pela atual legislatura, a fim de intermediar as ações pretendidas no plano de Governo previsto para o próximo ano.

Já a equipe de transição é composta pelos seguintes nomes:

– José William Montenegro Leal (ex-secretário de planejamento)
– Diego Tavares (senador da República e ex-secretário da SEDES)
– América Assis (professora e ex-secretária de educação)
– Vaulene Rodrigues (Presidente do PP/JP, administradora)
– Walter Agra Júnior (advogado)
– Fábio Rocha (médico)

 

PB Agora

 
BORGES NETO LUCENA INFORMA