Mikika Leitão garante que será presidente da Câmara após desistência de Bruno Farias, que nega: ''sou candidatíssimo''

 

O vereador Mikika Leitão (MDB) afirmou em entrevista que deve assumir a presidência da Câmara em um dos próximos biênios. Segundo ele, o vereador Dinho (Avante) seria presidente em um biênio e ele em outro. ''Só não definimos a ordem ainda'', disse. Mikika afirmou ainda que o vereador Bruno Farias (Cidadania) não seria mais candidato.

É aí que começa a confusão. Bruno Farias desmentiu toda a história de Mikika e afirmou que é ''candidatíssimo''. Ele disse que qualquer informação de que ele ou Dinho não serão candidatos é mentirosa. Ele afirmou ainda que negar a candidatura dele ''é uma estratégia velha e manjada da oposição para tentar desestabilizá-lo''.

Bruno Farias lembrou que o acordo que ele e Dinho fizeram com 16 vereadores continua firme. O grupo definiu que Dinho deverá assumir a presidência da Câmara no biênio 2021-2022, enquanto Bruno Farias seria presidente no biênio 2023-2024.

Com o acordo, apenas 11 dos 27 vereadores não estão apoiando a chapa Dinho/Bruno Farias. Mikika Leitão anunciou que também pretende concorrer à presidência da Câmara e disse que formaria chapa com Dinho, o que foi negado por Bruno Farias.

CLICKPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO