Maternidade da Unimed JP garante parto seguro durante a pandemia

 

A chegada de um filho é um momento de felicidade para toda a família. Por isso, é comum que todos tenham cuidado redobrado  com a saúde da mãe e do bebê, especialmente em um momento de pandemia. Neste cenário, surgem dúvidas sobre o parto em hospitais.  

A maternidade da Unimed João Pessoa, que funciona no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, adotou as providências necessárias para garantir a segurança. “Nós estruturamos o hospital de forma que o atendimento seja seguro para a mãe e o bebê. O duplo fluxo, a equipe e os recursos para cuidar de ambos com equipamentos especializados e profissionais experientes garantem a segurança em um momento tão especial e importante para a família”, afirma o gestor de Serviços Hospitalares da Unimed JP, Cleiton Moradillo. 

Estrutura – O Hospital Alberto Urquiza Wanderley conta com uma estrutura excelente de maternidade. Além de sala de parto normal, o local contém UTI Neonatal e Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal (Ucin), para o recém-nascido, em caso de necessidade. Para a mãe, há a UTI Adulto. 

A maternidade oferece condições de atendimento específico para as gestantes, inclusive para aquelas que apresentam quadro gripal ou problema respiratório. Para garantir ainda mais segurança, foram adotadas algumas medidas extras. Para isso, há dois fluxos: um para a gestante com suspeita ou confirmação de covid-19 e outro para quem procura o hospital em alguma outra situação. Há alas e profissionais diferentes para os atendimentos, seguindo protocolos e recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS). 

Chegou a hora – Para o parto, seja aquele agendado ou normal, o hospital também segue o duplo fluxo, com alas de internação distintas para pacientes covid e não-covid, salas de parto em áreas diferentes, bem como profissionais que atendem a cada situação distintamente. 

No momento da internação, a gestante realiza, no próprio hospital, o exame RT-PCR, que identifica a covid-19. O teste tem um peso determinante para definir o fluxo de atendimento, que pode ser acompanhando por um familiar e uma doula. Para a doula, o protocolo é apresentar o resultado de um exame RT-PCR que tenha até quatro dias de realizado. 

Recomendações – Por conta da pandemia, algumas orientações mudaram para as gestantes e seus familiares. Por enquanto, as visitas estão suspensas e a mãe e o bebê podem ter apenas um acompanhante, que poderá ser trocado a cada 12 horas. 

Além disso, não é permitido que sejam levados comida, lembrancinhas ou o quadrinho de porta, que identifica o nome do bebê. É recomendado ainda que a bagagem de mãe e filho seja o mais compacta possível, sem roupas de cama ou de banho. 

Sobre a Unimed JP – Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além de mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios – um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 150 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano. Acesse www.unimedjp.com.br.

Outras informações:
Instagram: @unimedjoaopessoa
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
Facebook: /unimedjoaopessoa
Twitter: @unimed_jp

PARAÍBA.COM



BORGES NETO LUCENA INFORMA