Secretário de Saúde alerta que aglomerações no Carnaval devem refletir na ocupação dos hospitais paraibanos

 O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, lamentou que, apesar do cancelamento do ponto facultativo durante o carnaval, muitos paraibanos fizeram festas e encontros com aglomerações. Segundo ele, as consequências disso devem ser sentidas nas próximas semanas.

''O mês de março deve ter um incremento nas internações por causa das aglomerações, mais do que já está'', comentou o secretário em entrevista ao ClickPB. ''As pessoas se reuniram falando alto, rindo, se aproximando, se abraçando, sem máscaras'', explicou Geraldo Medeiros sobre o risco de contágio, mesmo em ambientes familiares, como casas de praia ou chácaras.

Geraldo Medeiros afirmou que entende que a população está cansada de manter todos os cuidados, mas ainda não é hora para relaxar. ''Estamos prestes a encontrar a contenção dessa pandemia através da vacina'', disse.

Mesmo sem o incremento esperado por conta das aglomerações no carnaval, a ocupação de leitos já vem crescendo de forma preocupante no estado. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a Paraíba registra uma média de uma internação por covid-19 a cada 36 minutos, o que levou o CRM-PB a emitir um alerta e a Unimed João Pessoa a suspender as cirurgias eletivas.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO