Fiscalização do CRM-PB identifica falta de profissionais e equipamentos em UTI de Hospital em Monteiro

 


Durante fiscalizações da campanha 'Médicos Contra o Coronavírus' do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB),  os fiscais identificaram a falta de profissionais e de equipamentos nos seis leitos de UTI do Hospital e Maternidade Santa Filomena, em Monteiro, no Cariri paraibano. A unidade foi inaugurada em 2013, e mesmo com a pandemia, ainda não está em funcionamento. Segundo dados da Secretaria de Saúde, Monteiro já registrou 2.269 casos de infecção pelo novo coronavírus e 25 óbitos, até o momento. 

Segundo o CRM-PB, o hospital possui equipamentos que dispõe de EPIs, medicamentos, e na Unidade, há separação de pacientes Covid e não Covid e local específico para que os pacientes aguardem a transferência para outros locais como Campina Grande. 

De acordo com o vice-presidente do CRM-PB, Antônio Henriques, diversas visitas foram feitas no local e os problemas foram encaminhados à Secretaria Estadual de Saúde e ao Ministério Público para que o caso seja resolvido. 

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO