Governador da Bahia se emociona em entrevista ao vivo ao falar da situação da pandemia no estado



 O governador da Bahia, Rui Costa, se emocionou e acabou chorando durante uma entrevista ao vivo na manhã desta segunda-feira (1º) ao falar sobre a situação da pandemia de covid-19 no estado.

Rui Costa citou o caso de um pai que perdeu a filha de 16 anos e estava pedindo para que as pessoas cumprissem as medidas de isolamento. ''Temos que pensar quantas vidas humanas uma bebedeira vale. Quantas vidas humanas você vai ser responsável por ir em uma festa? 'Ah eu tenho direito de ficar bêbado, de encher bares, de ir para paredão'. Seu direito é superior a dor de mães e pais que perderam filhos? Vi hoje um pai chorando porque perdeu filha de 16 anos, então... é isso...'', comentou emocionado.

O governador comentou que recebe mensagens de empresários e comerciantes questionando sobre o fechamento de lojas. ''O que é mais importante é 48 horas de uma loja funcionando ou vidas humanas?'', dizia Rui Costa quando começou a chorar e pediu desculpas.

A Bahia vive o pior momento desde o início da pandemia. Nesse domingo (28), o estado bateu recorde de internados, com 983 pessoas em leitos de UTI Covid. Na sexta (26), outro recorde: 137 mortos pela doença em 24h. Na manhã desta segunda, a Bahia tem 84% dos leitos de UTI adultos ocupados. Para diminuir a pressão no sistema de saúde, o governo abriu nesse domingo 27 leitos, sendo 17 deles de terapia intensiva.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO