PB: atraso na entrega de oxigênio faz pacientes covid serem transferidos

 

Vinte e cinco pacientes do Hospital das Clínicas, referência no atendimento de covid-19 em Campina Grande e ao menos 10 pacientes da UPA de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba tiveram que ser transferidos na noite dessa sexta-feira (19) por conta da necessidade de realocá-los para unidades de Saúde que possuíssem abastecimento suficiente de oxigênio.

Em Campina Grande os pacientes foram transferidos para o Hospital de Trauma, já em Cajazeiras as dez pessoas foram encaminhadas para o Hospital Regional.

De acordo com informações da assessoria da secretaria de Saúde, em contato com o PB Agora neste sábado (20), houve sim a transferência dos pacientes, porém os fatos, embora tenham sido semelhantes, ocorreram preventivamente por conta de um atraso na logística de entrega do oxigênio e não pela falta total dele.

Ainda conforme as informações confirmadas ao PB Agora, em Cajazeiras os pacientes foram transferidos em um fluxo normal entre UPA  e regional, fato que tem ocorrido diariamente durante o trabalho das equipes médicas, já em Campina Grande leitos da ala covid-19 do Hospital de Trauma foram reativados e receberam os pacientes do Hospital das Clínicas como forma de precaução caso o atraso continue e haja a falta de oxigênio naquela unidade de saúde.

A assessoria ainda destacou que já foi providenciada uma usina de oxigênio hospitalar para a UPA de Cajazeiras com previsão de instalação para a próxima quinta-feira (25).

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA