Saúde da Paraíba percebe redução na procura pela segunda dose de vacina contra Covid-19

 


A Secretaria de Estado de Saúde da Paraíba (SES-PB) está percebendo uma redução na procura pela segunda dose de vacina contra Covid-19. As duas vacinas dos institutos Butantan e Bio-Manguinhos/Fiocruz, entregues ao Estado, necessitam de duas doses para garantir sua eficácia. 

“Há indícios de que as pessoas estão procurando menos os postos de vacinação para a realização da segunda dose, que no caso da Coronavac é um espaço de 28 das - quatro semanas, então nós convocamos que as pessoas que já se vacinaram com a Coronavac que alcançou a período de 28 dias de se informar onde deverá fazer a segunda dose”, afirmou Geraldo Medeiros, secretário da SES-PB.

De acordo com o secretário, as pessoas que não complementarem a segunda dose da Coronavac ou da Astrazeneca,  terão proteção menor e ficarão mais susceptíveis a pegar coronavírus. Nesta quarta-feira (10) chega a sétima remessa. Até o momento, a Paraíba recebeu seis remessas das vacinas Coronavac (Butantan) e Covishield (Astrazeneca), totalizando 343.380 doses. Dessas, 210.143 já foram aplicadas conforme o último balanço no Painel de Vacinação da SES-PB. 

CLICKPB




FALA PARAÍBA-BORGES NETO