Seis deputados estaduais da Paraíba já se vacinaram contra a Covid-19

 

Depois do governador do Estado, João Azevedo (Cidadania), os deputados que estão na lista dos grupos prioritários, já tomaram a vacina contra a Covid-19 na Paraíba.
Pelo menos seis deputados estaduais da Assembleia Legislativa da Paraíba já se vacinaram.

Entre os parlamentares estão Hervázio Bezerra, 65 anos, Branco Mendes, 65 anos, Anísio Maia, 65 anos, Tião Gomes, 65 anos, Doutora Paula (PP) e Buba Germano, de 66 anos. Na segunda-feira (22), o governador João Azevêdo, 67 anos, também tomou a primeira dose do imunizante.


Branco Mendes também ressaltou a importância do momento.Alguns dos parlamentares fizeram questão de registrar o momento nas redes sociais a fim de incentivar a população a não se furtar do benefício assim que a idade permitir.
“Graças a Deus, recebendo a primeira dose da vacina”, publicou Hervázio nas redes sociais.

“Desde o começo da pandemia temos enfrentado dias muito difíceis. Diariamente nos deparamos com perdas de amigos e familiares que fazem parte da nossa convivência, deixando a saudade cada vez mais presente.

Buba Germano gravou um vídeo e destacou que “sem a ciência não teríamos à disposição formas de nos prevenir contra muitas doenças”.

“Comecei a semana recebendo a primeira dose da vacina de imunização contra a Covid-19. O desejo é que ela chegue para todos, o mais rápido possível. Aproveito para parabenizar todos profissionais de saúde que se dedicam diariamente nesta etapa de enfrentamento da pandemia.

Ontem, a deputada estadual Cida Ramos recebeu alta médica após tratamento contra Covid-19, em João Pessoa. Ela estava internada numa unidade de saúde da rede privada. Por mais alguns dias, a deputada permanecerá em repouso domiciliar para uma recuperação completa, conforme recomendação médica.

Com sintomas leves, a parlamentar foi hospitalizada por precaução e, na segunda-feira (15), em nota, ela informou que testou positivo para o novo coronavírus, e que seguia cumprindo o isolamento social em casa, sem apresentar complicações. Mesmo internada, o quadro clínico dela permaneceu estável e a internação foi feita para evitar o avanço da doença.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA