Vereador Marcos Henriques propõe comprar vacinas no lugar de IPhones na Câmara de João Pessoa

 


O vereador Marcos Henriques (PT) questionou os colegas da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) sobre a compra de iPhones que custariam quase R$ 500 mil. Em vídeo, ele sugere que o dinheiro seja usado para a compra de vacinas contra a covid-19.

Marcos Henriques diz que soube da compra dos aparelhos pela imprensa, e questiona se é verdade. Ele pede que, se for verdadeira, a compra seja suspensa e o recurso usado para comprar vacinas. ''Eu queria que suspendesse essa compra pra gente também poder juntar esse recurso para compra de vacina'', disse.

O vereador perdeu o assessor Drauzio Macedo para a covid-19 no último mês de dezembro. Até essa segunda-feira (29), 5.601 pessoas já haviam morrido vítimas da doença em toda a Paraíba, de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde.

O ClickPB teve acesso aos documentos referentes a uma licitação da CMJP para a compra de 35 Iphones, com plano de ligações e internet ilimitados, o que custaria aos cofres públicos R$ 17.325,00 por mês ou R$ 415.800,00 no plano bianual.

Questionada pela reportagem, a assessoria da CMJP informou que a referida licitação trata-se de uma renovação de serviço que ocorre a cada dois anos. Os aparelhos são usados em regime de comodato pelos 27 vereadores e mais algumas pessoas com cargo de chefia e após os dois anos são devolvidos para que outros sejam recebidos na renovação do contrato.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO