Após vencer clássico, Gerson Gusmão explica mudanças no Botafogo-PB e exalta Juninho: ‘Conheço muito bem’

 

Desde 2018 no Botafogo-PB, com um breve hiato no começo de 2019, Juninho não pode mais ser chamado de um jogador de posição específica. Em sua quarta passagem pelo Belo, ele já atuou como lateral-direito, volante, meio-campista e de ponta, sempre dando conta do recado e, principalmente, demonstrando uma entrega que agrada ao torcedor.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Treze, pela segunda rodada do Campeonato Paraibano, ele foi novidade na escalação, que vinha com a novidade de ser sem um homem de área, fugindo da característica do treinador Gerson Gusmão. Usando uma máscara para proteger o rosto, já que se recupera de uma fratura no nariz, o atleta desfilou por várias partes do gramado do Almeidão, e além de ser peça importante no esquema-tático, ainda marcou o primeiro gol do jogo, em um chute da entrada da área.

Para o técnico botafoguense, que o conhece de longa data, não há novidade no desempenho de Juninho.

– Juninho já foi meu jogador no Novo Hamburgo, conheço muito bem ele, é um jogador que cumpre muito bem qualquer função que você dê para ele. Então, a partir do momento que a gente estava com uma carência de jogador de área para esse jogo, a gente sabia que a entrada dele daria uma mobilidade muito boa, é jogador que retém muito bem a bola, tanto pelo lado como por dentro, é uma atleta que joga fácil, que busca jogos de aproximação, e a gente teria que fazer isso hoje, dentro dessa estratégia, dentro dessa formação inicial, nós teríamos que buscar esse jogo mais próximo. É um jogador que tem uma história gigantesca aqui no clube, de outros anos já de conquistas, a gente fica feliz que ele tenha se recuperado, que vem esse recuperando da fratura que ele teve, hoje até quase fez um gol de cabeça. Ainda carece um pouquinho de ritmo, tanto é que ele sentiu na reta final, mas é um grande jogador, a gente espera contar com ele, condicionar, melhorar um pouquinho condicionamento dele, para que ele possa suportar os 90 minutos

O técnico botafoguense fez questão de dedicar esse triunfo ao presidente Alexandre Cavalcanti, internado com Covid-19, de acordo com a assessoria do clube, e também aos outros quatro membros que estão se recuperando da infecção pelo novo Coronavírus. Além disso, Gerson Gusmão voltou a explicar as mudanças táticas que ajudaram o time a conquistar a vitória, mas não descarta voltar a utilizar um atacante de referência na sequência da competição, apesar do bom desempenho no Clássico atuando de forma diferente.

– Nós tínhamos a opção de manter o Ramon, de manter esquema com centroavante de área, ou deixar uma equipe mais leve, uma equipe mais móvel, e a gente optou pela segunda opção. Os treinamentos nos passaram essa segurança, são jogadores de extrema qualidade. A gente apostou muito nesse jogo curto, nesse jogo apoiado, não poderia ter sido diferente, tinha certeza que nós íamos fazer uma grande uma grande partida, dando pouquinho mais de liberdade, trabalhando mais um pouquinho mais com o Welton pelo lado esquerdo, fazendo movimentação de fora para dentro, dando essa opção, e ele fez muito bem isso, como todos os atletas procurar desempenhar suas funções de campo. Acho que isso tem que ser ressaltado, tem que ser valorizado, porque foi um passo importante para gente construir a a ideia de jogo hoje, e felizmente deu certo, a gente venceu. Agora, próximo jogo, a gente vai pensar, vai analisar os nossos próximos adversários também, mas pode ser dentro da situação que se encontra, de muitos jogadores de referência ainda no departamento médico, a gente buscar alternativas de poder, em algum outro jogo, utilizar essa formação, mas também existe possibilidade de a gente jogar com jogador de referência, no caso o Ramon, para que gente mantenha um padrão que a gente jogou as primeiras partidas – disse.

O Belo tem uma semana cheia de trabalho para decidir se continua com essa formação ou se volta a utilizar um jogador de referência na grande área. O próximo compromisso do time da Maravilha do Contorno será na próxima quinta-feira (29), no estádio Carneirão, contra o São Paulo Crystal.


Voz da Torcida


BORGES NETO LUCENA INFORMA