Covid-19: aumenta ocupação de leitos em hospitais da Paraíba e secretário de Saúde alerta para intensa propagação do vírus e descumprimento de cuidados sanitários


 Nos últimos dias aumentou a ocupação nos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermarias para tratamento da Covid-19 em hospitais da Paraíba. Em hospitais como o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos e de Clínicas de Campina Grande já atingiram o pico e ultrapassaram os 100% na ocupação. De acordo com o secretário de Estado da Saúde (SES-PB), Geraldo Medeiros, isso indica que há uma propagação intensa do vírus na Paraíba, mas também alerta para o descumprimento, por parte da população, dos cuidados preventivos.

Ao ClickPB, Geraldo Medeiros explicou que, há pelo menos três semanas, a SES-PB tem alertado para um incremento no aumento de casos da doença nos meses de junho e julho. “E partir de agora, no mês de maio nós já começamos observar esse quantitativo de pacientes portadoras da covid-19 regulados, isto é, internados nas nossas unidades hospitalares”, afirmou. 

Ainda de acordo com o secretário, a ocupação mais rápida de leitos de UTI no Sertão, Alto Sertão e na segunda  macrorregião (Campina Grande), “é sintomático de que a propagação do vírus se intensifica”. Ele ainda destacou que internações no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, na Região Metropolitana da Capital, e que registrou hoje 91% na ocupação dos leitos de UTI. 

Medeiros ainda atribui o aumento ao descumprimento das regras sanitárias. “Em decorrência de que as pessoas não estão usando máscaras. Chega a sexta-feira, as pessoas se dirigem a espaços públicos aglomerando, bares e restaurantes, festas em chácaras, granjas, fazendas, ou festas familiares dentro de casa com várias pessoas da família e amigos, então esses são os ambientes que produzem  propagação do vírus e o aumento de contaminação dos paraibanos e paraibanas”, destacou. 

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO