Policial acusado de atirar em motorista de aplicativo em João Pessoa é mantido preso após audiência de custódia

 


O policial militar que atirou contra um motorista de aplicativo em João Pessoa teve a prisão mantida em audiência de custódia, na manhã desta quinta-feira (6). A tentativa de homicídio aconteceu nessa quarta-feira (5), no bairro de Mangabeira, durante uma briga de trânsito.

O sargento Teodósio foi acusado pelo motorista de aplicativo de ameaçar, mostrando arma, e de atirar contra o carro do profissional de transporte particular. Ele deve responder por tentativa de homicídio.

Saiba mais

Segundo confirmou a assessoria da Polícia Militar da Paraíba informou ao ClickPB que o sargento foi recolhido no 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), no Centro da Capital.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO