Tesoura escolar e tela de proteção são enviadas a perícia para investigar morte de criança que caiu do 22º andar de prédio em João Pessoa


 A Polícia Civil segue investigando a morte da menina de 9 anos que caiu do 22º andar de um prédio, no bairro dos Estados, em João Pessoa. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (22)

De acordo com a Polícia Civil, uma tesoura escolar que estava no chão e a tela de proteção da janela do quarto da menina foram enviados para serem periciadas. Além disso também estão sendo aguardados, a perícia das imagens de segurança do prédio para avançar na investigação do caso. 

O corpo da menina de 9 anos também já foi periciado. Após o sepultamento da menina, a família vai ser ouvida pela polícia. 

“Os pais estavam dentro do apartamento, mas não sabemos informar se alguém presenciou o momento em que ela caiu, pois ainda não foram ouvidas as pessoas. “, disse a delegada Flávia Assad.

Os pais da menina informaram a polícia, que a mãe retirou o celular da criança no momento em que ela conversava em um aplicativo de mensagens, e disse que no dia seguinte conversaria com a filha. A menina teria ido para o quarto e tempo depois o pai ao se dirigir ao cômodo notou que a filha não estava no local e percebeu a tela de proteção cortada. 

O pai da menina desceu e viu a filha caída na calçada do edifício. O homem teria carregado o corpo da filha até a sala do apartamento e acionado o Samu. Os socorristas ao chegar no local apenas constatou a morte da criança.

O caso segue sendo investigado.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO