Caso Lázaro: mais um tiroteio é registrado em mata no Entorno do Distrito Federal


 A força-tarefa que busca o suspeito de cometer uma chacina em Ceilândia, Lázaro Barbosa, 32 anos, trocou tiros com o maníaco na tarde desta quinta-feira (17/6), em uma fazenda do município de Girassol (GO). Dezenas de policiais civis e militares, viaturas e três helicópteros estão mobilizados na operação. Não há informações sobre feridos.

Alguns policiais do grupo de elite desembarcaram das aeronaves e fazem um intenso patrulhamento pela vegetação. Homens do Corpo de Bombeiros também estão no local para atender eventuais feridos na ação.

De acordo com integrantes da coalizão, uma vela com nome dele foi localizada na mata, o que reforça a suspeita de que Lázaro pratica rituais satânicos.

Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, é procurado por de mais de 200 policiais há nove dias. O nome dele veio à tona na última semana por ser o principal suspeito de uma chacina no Incra 9, em Ceilândia. No entanto, Lázaro tem sido julgado, condenado e procurado por diversos crimes desde 2008.

Há 13 anos, ele foi condenado por duplo homicídio na Bahia, fugiu de pelo menos três presídios e espalhou terror por onde passou. Sozinho ou ao lado do irmão, morto há cinco anos, estuprou mulheres, queimou casas, feriu e matou pessoas.

Desde o assassinato de quatro pessoas de uma mesma família no DF, Lázaro também trocou tiros com um caseiro na região de Cocalzinho (GO) e feriu de raspão um policial militar de Goiás.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO