Bolsonaro visita o RN e é recebido com protesto de opositores e aglomeração de apoiadores

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desembarcou na manhã desta quinta-feira (24) na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, para visitar e autorizar obras de recursos hídricos.

Uma ‘recepção’ organizada por opositores do presidente no Rio Grande do Norte incluiu faixas e outdoors com frases que criticam a atuação do governo federal no gerenciamento da pandemia. O Dnit por sua vez mandou derrubar, antes da chegada do presidente os referidos outdoors sob a justificativa de que “a afixação de publicidade ou de quaisquer legendas ou símbolos ao longo das vias acondiciona-se à prévia autorização do órgão ou entidade com circunscrição sobre a via”.

O presidente desembarcou do avião sem máscara e cumprimentou apoiadores que se aglomeraram em frente ao Aeroporto. Parte deles também não usava a proteção.

A comitiva embarcou em um helicóptero da Força Aérea para seguir a Jucurutu, também no Oeste potiguar. No município, o presidente vai visitar as obras da Barragem de Oiticica, que é de responsabilidade do governo do estado e tem apoio financeiro da União.

Na agenda, também ocorrerá uma visita a Pau dos Ferros, no Alto Oeste Potiguar, onde o presidente assina a ordem de serviço para autorizar a construção do Ramal do Apodi.

Municípios da Paraíba também devem ser atendidos com o referido ramal. De início, a expectativa é de que Bolsonaro também visitasse municípios paraibanos, mas a visita do presidente ficará restrito ao Rio Grande do Norte.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA