PB está entre os 5 estados com melhores indicadores de segurança pública

 

A colocação da Paraíba como o quinto Estado do país mais bem avaliado em 2020 no pilar Segurança Pública do Ranking da Competitividade dos Estados foi destacada em publicação feita no perfil @terrageografia. O ranking é elaborado anualmente pelo Centro de Liderança Pública (CLP), e aponta ainda o Estado como segundo colocado no Nordeste em Segurança Pública.

Após ser considerado um dos Estados mais violentos em 2015, a Paraíba vem avançando significativamente, atestando a eficiência das ações implantadas no segmento, com destaque para os investimentos em inteligência e tecnologia, implantação dos Centros Integrados de Comando e Controle e instalação de câmeras de monitoramento. A Paraíba agora está abaixo somente dos Estados de Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal e Maranhão.

Para o secretário da Segurança e Defesa Social, Jean Nunes, “o resultado da avaliação do CLP comprova exatamente o que a gente já vem demostrando aqui no Estado: a evolução em alguns indicadores, principalmente nos crimes violentos patrimoniais. A Paraíba ter ficado em quinto lugar denota o esforço que vem sendo feito pelo Governo do Estado, sob a liderança do governador João Azevêdo, o comprometimento das forças de Segurança, policiais militares, policiais civis, bombeiros militares, e o apoio de todo o Governo para que possamos desenvolver nossas ações. Então, isso é um esforço conjunto e vem dando certo. Nós evoluímos. Tivemos uma nota em 2020 melhor que em 2019 e isso demonstra essa evolução. E vamos trabalhar para avançar mais ainda em vários pontos que são necessários e a gente sabe que precisam de ajustes”.

O Ranking da Competitividade dos Estados apresenta a análise e capacidade competitiva de todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, agrupados em 10 pilares. É uma das principais ferramentas de avaliação da gestão pública do Brasil, e busca pautar a atuação de líderes públicos em dez áreas-chave (Sustentabilidade Ambiental, Capital Humano, Educação, Eficiência da Máquina Pública, Infraestrutura, Inovação, Potencial de Mercado, Solidez Fiscal, Segurança Pública e Sustentabilidade Social). Disponível numa plataforma on-line, o ranking traz um diagnóstico completo das performances estaduais em 70 indicadores distribuídos pelas áreas-chaves.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA