“A campanha tem que ser focada nos problemas do nosso estado” diz Léo Gadelha sobre imbróglio no apoio Romero/Bolsonaro

 

Nesta quinta-feira (22), o deputado federal em exercício Leonardo Gadelha (PSC) corroborou com o posicionamento do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, sobre não fechar as portas para alianças, sejam elas de direita ou esquerda, visando as eleições de 2022.

De acordo com Leonardo, a política é por sua natureza uma atividade conjunta, onde ninguém pode ser segregado e que o ex-prefeito de Campina Grande tem justamente essa característica, sendo uma marca dele o diálogo.

“A política é, por natureza, uma atividade gregária. A gente não pode segregar ninguém. Acho que Romero tem essa característica, é uma marca dele, um homem de diálogo, então não haveria motivo para romper tudo que ele fez”, declarou.

Leonardo ainda rebateu a polarização e nacionalização do debate político na Paraíba. Segundo ele a campanha na Paraíba tem que ser focada nos problemas do próprio estado.

“Eu defendo que a gente não pode nacionalizar o debate. A campanha na Paraíba tem que ser focada nos problemas do nosso estado, que não são poucos. A gente tem muitos debates para fazer e problemas para solucionar”, sentenciou.

PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA