Polícia prende líder de associação criminosa que praticava furto de gado na região de Remígio


 A Polícia Civil da Paraíba, através de ações do Grupo Tático Especial (GTE) da Delegacia Seccional de Esperança, prendeu nessa quarta-feira (14), o líder de uma associação criminosa responsável pelo furto de gado na região de Remígio. Em junho, dois integrantes do bando já haviam sido presos e nessa quarta o terceiro, que comandava as ações, também foi detido na zona rural de Remígio, após Mandado de Prisão ser expedido pela Comarca local.

“Hoje foi cumprido o mandado de prisão preventiva desse homem de 30 anos, da pessoa que é tido como líder da associação criminosa. Esse homem era a pessoa que fazia as articulações dos furtos aos animais e quem fazia a logística de remoção desses gados, tirando da região de Remígio para ofertar em venda ilegal para todo o estado”, disse o delegado Cristiano Santana, da 12ª Seccional de Polícia Civil em Esperança.

Ainda segundo o delegado, um detalhe que chamou a atenção durante as investigações foi que o gado furtado pela quadrilha era sempre de raça, sobretudo da raça holandesa. “São animais que têm um alto valor de mercado e, por isso, ficavam sob a mira dos bandidos”, completou o delegado.

A prisão de hoje dá continuidade à operação “Abigeatus” e culminou com a prisão do homem mais procurado na região pela prática de furto de animais de raça. “Esse homem já era muito conhecido em Remígio, Algodão de Jandaíra e outras cidades da região de Esperança.

“O nome da operação é “Abigeatus”, um termo latim que faz referência ao furto de rebanhos bovinos. É uma ação que une o trabalho da Polícia Civil e da Polícia Militar e que atende ao apelo de criadores da região, devido ao furto de animais em suas propriedades”, destacou o delegado Cristiano Santana.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e é garantido o anonimato.

PARAÍBA.COM

BORGES NETO LUCENA INFORMA