Presidente de Câmara de cidade do Cariri é investigado por nepotismo após nomear cunhada como tesoureira


 O presidente da Câmara Municipal de Amparo, Eliezio Barnabé (DEM), mais conhecido por Duda Barnabé, está sendo investigado por supostamente cometer a prática de nepotismo na Casa Legislativa.

A investigação está a cargo do promotor Bruno Leonardo Lins, da Promotoria de Justiça de Sumé. A denúncia anônima que deu origem à Notícia de Fato e, agora, ao inquérito, relata que Duda nomeou a sua cunhada, Maria Viviane Batista Clementino, para ser tesoureira da Câmara.

De acordo com o promotor, o caso seria nepotismo por Maria Viviane ser parente de 1º grau em linha reta do vereador e, caso ela não seja exonerada, Duda Barnabé pode responder por improbidade administrativa.

Confira o documento:001.2021.000695-Portaria-de-instauracao-de-IC-no-17_PJ-Sume_2021-Portaria-de-instauracao-de-IC-2021-0000901119Baixar

Com PB Agora


BORGES NETO LUCENA INFORMA