Transposição precisa avançar, avaliam prefeitos caririzeiros

 

Quatro meses após ser entregue à população do Cariri paraibano, a Transposição do Rio São Francisco – Eixo Leste – ainda precisa de avanços. Essa é a avaliação dos prefeitos de Sumé, Éden Duarte, de Boa Vista, André Gomes, e de Cabaceiras, Tiago Castro. Os gestores foram entrevistados do programa Hora H, gerado nesta quarta-feira (18) especialmente direto dos estúdios da Rádio Independente FM, em Serra Branca.

Presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Cariri Ocidental, o prefeito Éden Duarte, de Boa Vista, reconhece que a entrega da obra contribuiu muito para o município, mas ainda são necessárias melhorias.

“Melhorou e poderia melhorar muito mais. Deu segurança hídrica, abastecimento de água. O que está faltando agora é explorar economicamente, para que o agricultor possa ter a permissão de plantar. Fazer também uma manutenção mais constante. Precisamos de mais segurança, mas que melhorou, não há dúvidas”, destacou.

Cabaceiras, segundo o prefeito Tiago Castro, é a cidade com o menor registro de chuvas na região, mas mantém uma agricultura forte.

“Hoje Cabaceiras consegue gerar oportunidade e renda para toda região. Agora, se a transposição for regular, vai ser muito importante. Queria até fazer uma provocação porque essa transposição precisa ampliada. A transposição é muito importante, mas precisa melhorar”, afirmou.

Castro cobrou a conclusão da Transparaíba, obra que poderá levar abastecimento d’água para diversas regiões do estado.

“Essa adutora poderia trazer muita segurança para todas nós”, pontuou.

André Gomes, de Boa Vista, lamentou a necessidade de usar carro-pipa na região.

“Nós somos abastecidos pelo manancial de Boqueirão. Mas, temos uma zona rural muito grande. E essa região ainda precisa ser abastecida com carro-pipa. A gente tem essa dificuldade muito grande, principalmente para os produtores de animais. Hoje, Boa Vista ainda precisa de carro-pipa. A gente precisa avançar muito. A região é forte”, defendeu.

O prefeito Éden Duarte cobrou união de forças para solucionar problemas.

“O avanço da transposição para zona rural é um segundo passo. Tem que se juntar forças dos governos Federal e Estadual para que a gente possa ver ainda mais essa primeira etapa vencida e avançar para Zona Rural”, disse.

 

 

VITRINE DO CARIRI

Com MaisPB



BORGES NETO LUCENA INFORMA