Cícero Lucena lança Programa Educador Social Voluntário que contrata cuidador e alfabetizador para rede de ensino de João Pessoa


 O prefeito Cícero Lucena lançou o Programa Educador Social Voluntário, que será destinado à contratação de trabalhadores para exercício da atividade de cuidador e alfabetizador na rede municipal de ensino. O evento aconteceu no Centro Cultural Tenente Lucena, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, nesta terça-feira (21) - Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. 

De acordo com a prefeitura, os agentes escolares terão papel fundamental no processo de inclusão do estudante com alguma deficiência física, intelectual e/ou transtorno específico, pois vai auxiliar nas atividades de alimentação, higiene e locomoção e também atuar em tarefas escolares nas quais se fizer necessária a sua presença.

“O Programa Educador Social Voluntário é o que há de mais moderno para pessoas com deficiência na busca da educação. Nós estaremos com aqueles que precisam de cuidados especiais, de uma pessoa acompanhando dentro da sala de aula, de ter o trabalho para não sobrecarregar o professor em relação aos outros alunos. O programa vai atingir mais de 2.100 estudantes e tenho certeza que a partir desta ação, vai aumentar esse número”, destacou Cícero. 

O programa, que será instituído através de um Projeto de Lei, foi assinado por Cícero e entregue diretamente nas mãos do vereador Dinho Dowsley, presidente da Câmara Municipal de João Pessoa. O projeto será analisado pelos vereadores e depois será votado pelos mesmos, para em seguida ser sancionado pelo prefeito. 

Dinho destacou a importância do programa e afirmou que tentará dar celeridade para que ele seja aprovado o mais rápido possível. “Prefeito, tenha certeza que vamos ter celeridade. Falarei com o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e demais membros das Comissões de Orçamento, Finanças e Políticas Públicas para que esse projeto seja colocado em pauta até a próxima semana”, adiantou. 

O vice-prefeito Leo Bezerra , que esteve ao lado do prefeito Cícero no evento, destacou a alegria de poder ajudar as pessoas com deficiência com esse projeto. “Estamos cumprindo o nosso compromisso de cuidar da nossa cidade. Hoje é mais um dia de realizações não só pra vocês que estão aqui hoje, mas para nós que estamos na gestão”. 

A secretária de Educação e Cultura, América Castro, afirmou que a expectativa é que sejam necessários pelo menos 700 educadores sociais solidários para atender à necessidade da rede municipal. “Pela legislação, diz que a cada três alunos com deficiência é necessário um cuidador. Em alguns casos, o aluno precisa de um exclusivo. De toda forma, num calculo que fizemos, teremos necessidade de pelo menos 700 cuidadores”, explicou. 

O evento contou ainda com a presença dos deputados estaduais Eduardo Carneiro e João Gonçalves, do líder do Governo na Câmara de Vereadores, Bruno Farias, além dos vereadores Coronel Sobreira, Júnior Leandro e Marmuthe Cavalcanti.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO