CPI da Banda Larga vai ouvir Anatel e Energisa na próxima segunda-feira; BR27 Tecnologia, Online Telecom e Brisanet foram convocados

 


A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou nesta quarta-feira (29) a convocação de três empresas provedoras de internet para prestar esclarecimentos a respeito da qualidade do serviço entregue na capital paraibana. Ainda sem data, a BR27 Tecnologia, Online Telecom e Brisanet serão ouvidas no âmbito da CPI da Banda Larga.

Antes, os vereadores vão coletar provas e indícios que possam suscitar questionamentos às empresas. Para isso, foi confirmada a participação na próxima segunda-feira (4) do gerente regional da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Thiago Botelho, e do doutor em Informática e professor titular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Guido Lemos, para auxiliar e sugerir informações necessárias às investigações.

No dia, também devem estar presentes representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado da Paraíba (Sinttel-PB) e do Grupo Energisa, além de Conselhos de Defesa do Consumidor da Vivo, OI, Claro e TIM.

A CPI já recebeu a superintendente da Autarquia de Promoção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB), Késsia Liliana, na última reunião realizada na última segunda-feira (27). Ela apresentou dados gerais sobre reclamações referentes às empresas de telefonia e falou sobre a importância de o consumidor procurar a provedora de internet e o Procon em caso de insatisfação com o serviço. 

Já o gestor da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), Rougger Guerra, foi o expositor na Comissão e apresentou dados relativos ao tema, ações do Procon-JP e respondeu perguntas dos vereadores.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO