Cratera: prefeito Cícero diz que esgoto invadiu caixa de águas pluviais e corroeu pista da Pedro II e que todo trecho será verificado


 O prefeito Cícero Lucena disse que o esgoto invadiu uma caixa de águas pluviais e o líquido ácido provocou a corrosão sob a pista da Avenida Dom Pedro II, o que fez o chão afundar e abrir uma cratera. Na última sexta-feira (3), um buraco se abriu na Pedro II e 'engoliu' um carro onde estavam uma estudante de 14 anos e um motorista Uber. Ambos tiveram ferimentos leves. A cratera bloqueou o trânsito no trecho próximo ao Ibama e desviou o fluxo de ônibus no local.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta segunda-feira (6), conforme apurou o ClickPB, Cícero Lucena informou que "esse trecho todo está sendo verificado. A Cagepa vai disponibilizar o robô para que a gente faça uma análise dessa situação e, efetivamente, vamos estar monitorando aquilo que se faz necessário."

Sobre o trânsito na Dom Pedro II, Cícero disse esperar "que, no máximo, em 10 dias a gente tenha liberado aquele tráfego para uso da população já que é um corredor tão importante para a nossa cidade."

O prefeito explicou como se de o diagnóstico sobre o problema que causou a cratera na Avenida Dom Pedro II. "Procuramos logo identificar a causa que estabelece, então, uma condição do que precisa ser feito. A princípio, no local, foi uma caixa de águas pluviais que funciona como tanque para ajudar na queda por gravidade porque vem determinado nível. Se vier um volume muito grande e não tiver exatamente essas caixas para amortizar a velocidade da água você acarreta problemas mais na frente."

Segundo o gestor, "foi construída muitos anos atrás e essa caixa ela então cedeu em função de vazamento nela que retirou toda a base sólida de terra que dava sustentação a ela. Identificamos que essa caixa estava com um volume de água que não era água de chuva, era água de esgoto. Saímos pesquisando as caixas anteriores para identificar onde o esgoto entraria. Localizamos isso na Mata do Buraquinho em uma caixa que cedeu lá atrás e, com isso, tinha um cano de esgoto em cima dela e esse cano torou e começou, então, a alimentar a caixa com o esgoto. O que está nos levando como análise é esse esgoto, pela sua acidez, provocou a corrosão do fundo da caixa da Pedro II. Com isso provocou o vazamento e o vazamento tirou a base de sustentação."

A Prefeitura de João Pessoa trabalha para colocar uma caixa nova no local. "Atuamos já no sentido de retirar essa caixa. Hoje fizemos e vamos iniciar a confecção de uma nova caixa enquanto estamos consertando lá também na Mata do Buraquinho", relatou o prefeito.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO