Justiça decreta prisão preventiva contra acusado de atropelar e matar motoboy em João Pessoa por homicídio qualificado

 


A Justiça decretou a prisão preventiva do acusado de atropelar e matar o motoboy Kelton Marques, de 33 anos, no Retão de Manaíra, em João Pessoa. O mandado foi expedido pela 3ª Vara Criminal de João Pessoa, do Tribunal de Justiça da Paraíba. 

Ruan Ferreira de Oliveira, de 28 anos, é acusado de homicídio. E de acordo com o mandado que o ClickPB teve acesso, "qualquer oficial de justiça de sus jurisdição ou qualquer autoridade policial competente e seus agentes, a que for apresentado, que prenda e recolha a qualquer unidade prisional. 

O acidente aconteceu na madrugada do último sábado (11). Kelton morreu ainda no local do acidente. Ele estava trabalhando realizando entrega de lanches. 

Rhuan segue foragido desde o dia do acidente. De acordo com uma câmera de segurança de dentro do veículo do suspeito, ele dirigia em alta velocidade e no momento do atropelamento ele atingiu 163 km/h. 

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO