“Não farei defesa de um governo que não tem o mínimo de humanidade”, sentencia João Azevêdo sobre gestão federal

 


O governador João Azevêdo (Cidadania) falou durante entrevista à rádio Jovem Pan nesta sexta-feira (23) e disse que não fará defesa de nenhum governo que não tenha humanidade. As declarações foram dirigidas à gestão federal do presidente Jair Bolsonaro e a sua intenção de se candidatar à reeleição em 2022.

“Eu não apoiarei a reeleição do atual presidente por tudo que estamos vendo no Brasil. No Brasil houve retrocesso, a forma de fazer política do atual presidente não se coaduna com o que penso. O que vemos hoje é o Brasil voltando ao mapa da fome, um maior número de desempregados. Eu não posso de forma nenhuma fazer defesa de um governo que não tem o mínimo de humanidade”, enfatizou.

Ainda conforme João continuando falar sobre o cenário político nacional, o seu apoio ao ex-presidente Lula é um processo natural.

“Ele me deu apoio em 2018, isso é um processo natural” declarou.

Essa não é a primeira vez que João deixa o seu palanque na Paraíba aberto ao ex-presidente Lula, do PT, caso ele seja candidato e rechaçando qualquer aproximação com o atual presidente.

PB Agora




FALA PARAÍBA-BORGES NETO