Bolsonaro no PL cria atritos no Nordeste e impulsiona candidatos no Sul

 


O boi que escorregou no toboágua e se refrescou na piscina de um clube de Nova Granada, no interior de SP, virou animal de estimação do produtor rural que iria encaminhá-lo ao abate. O boi até ganhou nome, de Tobogã, após a repercussão da cena inusitada, registrada no sábado (6).

Ao g1, Carlos Miguel Serante contou que cria gado por confinamento em uma propriedade ao lado do clube. Carlos disse que o Tobogã ia ser levado para o abate, mas escapou da área.

"Ele estava no pasto e do pasto escapou para a divisa do clube. Fui para tocar, mas ele entrou no clube, beirou a cerca e entrou na piscina. Veio um rapaz me avisar que ele tinha subido em cima do tobogã. Não acreditei. A gente foi atrás, levamos embora e me mostraram o vídeo dele na piscina. Não imaginava que ele subiria. Ele é garrote de dois anos. É novinho. Então, vamos ter que colocar o nome de tobogã", diz.

Ainda de acordo com o produtor, o animal está bem e não se machucou. Com a repercussão do vídeo, ele decidiu ficar com o boi em casa.

"Olhei para ver se tinha algum machucado, mas ele está bem. Ele vai ficar aqui por causa do povo. O povo quer saber onde ele está. Está sendo a atração. Todo mundo quer conhecer. Queremos levar ele para o clube", enfatiza.

Vídeos encaminhados à Tv Tem mostram o animal “entalado” no toboágua e escorregando até metade do brinquedo. Pouco depois, um homem o amarrou com uma corda e empurrou-o até a água, de onde ele foi puxado para a superfície com a ajuda de outras pessoas

O presidente do clube João Luiz Andrade Zevole contou ao g1 que viu o animal subir as escadas de concreto, mas não esperava que entrasse no toboágua.

“Peguei o celular e pensei em filmar o boi na brincadeira, só para dizer que ele queria tomar banho, mas não consegui gravar. Quando vi, ele estava em cima do toboágua”, conta João.

“Ele olhava para mim, eu olhava para ele. Aí ele desceu o toboágua, vinha escorregando, achei que o tobogã não ia aguentar. Dizem que até uns 200 quilos aguenta", complementa.

O piscineiro Alaides Alves Pereira da Silva diz que quando soube achou que era brincadeira. “Pensei que ele estava zoando, brincando, e até pensei em cuidar em outra coisa, mas antes fui ver o que estava acontecendo. Quando cheguei, ele já estava lutando com o boi, mas ele desceu, tirou um mergulho e foi embora. O João já estava até cansado”, diz.

Ainda segundo o presidente , esta não foi a primeira vez que um animal deste porte invadiu o local. Contudo, este tipo de situação nunca tinha acontecido.

“O animal estava com um pouco de calor, quis nadar e usar o toboágua, só isso. O animal não morreu, só está mais limpo”, brincou.

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO